Zé Valdeci: “Perseguição tem sido a marca registrada desta administração de Barra de São Francisco”

643
Vereador Zé Valdeci
Vereador Zé Valdeci

O vereador José Valdeci, o Zé Valdeci (PT), em entrevista exclusiva a este site, fala de sua atuação na Câmara Municipal de Barra de São Francisco, dos colegas vereadores e da da administração atual. Para Zé Valdeci, a atual administração tem sido um fracasso, além das perseguições, humilhações e assédio moral a servidores.

Leiam na integra a entrevista do vereador Zé Valdeci:

Gazeta do Norte – Qual a análise que você faz desses três anos como representante do povo na Câmara Municipal?

Zé Valdeci: São três anos empenhado em um projeto político idealista, fiel aos princípios éticos e morais com determinação e coragem.

Gazeta do Norte – A sua atuação tem sido de que forma?

Zé Valdeci: Objetiva e transparente.

Gazeta do NorteComo vereador o senhor tem reivindicado melhorias para as comunidades de Barra de São Francisco?

Zé Valdeci: Sim. Sou campeão de indicações de serviços e pedidos e informação, representações e mandados de segurança.

Gazeta do NorteO prefeito atende suas reivindicações ou ele ignora?

Zé Valdeci: Ignora completamente. O único empenho do executivo é em tentar boicotar meu mandato, desde o início. Entretanto, embora isso me incomode, não me abala. Pois assim o gestor está demonstrando não ter conhecimento do seu papel de executivo, ferindo os princípios de administrador público.

Gazeta do NorteQual a analise você faz dos três anos de administração do prefeito atual?

Zé Valdeci: A grosso modo, posso dizer que ele está “jogando pelo ralo! a oportunidade ímpar de ser um homem público digno, com visão de grandeza.

Gazeta do NorteAs promessas feitas em campanha pelo prefeito estão sendo cumpridas ou não?

Zé Valdeci: Está claro como a luz do Sol que NÃO. Quando faz algumas obras são “maquiadas” pois são obras mais por interesses eleitoreiros pessoais do que por uma gestão responsável.

Gazeta do NorteComo você tem visto a atuação dos demais colegas vereadores na Câmara Municipal?

Zé Valdeci: São muito dependentes dos caprichos do prefeito. Sem autonomia e fraco nas prerrogativas de fiscalizar, que é nossa principal função. Com exceção de alguns como a oposição da qual faço parte.

Gazeta do NorteA cidade está sendo bem cuidada pela atual administração ou não?

Zé Valdeci: Dentro da minha visão, a cidade não está sendo cuidada como deveria. Ruas sujas com vegetação nas beiradas das calçadas, além disso, muitos entulhos e buracos. Nossa praça central em estado abandono virou um refúgio para pessoas viciadas em drogas ilícitas e entregues à prostituição.

Gazeta do NorteExiste denúncias de possíveis atos de prática de corrupção nesta administração ou não?

Zé Valdeci: Sim. Estamos sabendo que existem práticas de fraudes nos processos licitatórios, não por culpa da Comissão, mas de acordos anteriores aos processos. Também uma prática muito latente é o favoritismo, a prioridade de atendimento nos serviços públicos por critérios politiqueiros eleitorais e partidários. Além disso, algo que eu sempre soube e vinha denunciando sempre, quanto a arrecadação de dinheiro sem controle fiscal sobre serviços prestados com maquinário público municipal e alugado de empresas forjadas para essa finalidade, inclusive confirmadas pelo Ministério Público, onde não havia a prestação de contas devidamente legalizada e o esquema de propina correndo solto, principalmente em espécie por essas empresas de fachada com pessoas sendo usadas como o que chamamos de “laranjas” pelo próprio gestor municipal.

Gazeta do NorteVocê sabe me dizer se existem fornecedores que vendem para a prefeitura e não recebem?

Zé Valdeci: Sim. Sobretudo prejudicando o processo educacional de nossos filhos. Sabemos que existem atrasos de pagamentos, inclusive posso citar como exemplo a falta de pagamento, de contrato referente a entregas do ano de 2015, aos fornecedores de Merenda Escolar (PNAE: Programa Nacional de Alimentação Escolar) oriunda da Agricultura Familiar e também existe sempre o problema da falta de pagamento às empresas que fazem transporte escolar. E isso é o que a estamos sabendo por parte dos fornecedores, pois a administração atual não tem nos fornecido nenhuma informação oficial a respeito, mesmo que elas tenham sido solicitadas.

Gazeta do NortePode me informar se ainda tem funcionários que não receberam da atual administração?

Zé Valdeci: Sim. Existem R$ 1.151.000,00 bloqueados pela Justiça do Trabalho para pagamentos dos funcionários terceirizados das empresas Libra e Ambiental que também prestaram serviços a esta administração.

Gazeta do NorteExistem funcionários que são perseguidos e humilhados pelo atual prefeito e seus subordinados?

Zé Valdeci: Sim. Todos nós sabemos disso. Eles nem fazem questão de ocultar. Perseguição tem sido a marca registrada desta administração. Exemplo disso é a representação, de minha autoria, ao Ministério Público, por assédio moral, perseguição e humilhação a vários funcionários, inclusive, com dizemos popularmente, colocando-os na geladeira ou em desvio de função.

Gazeta do NorteComo o Sr. Analisa esta onda de corrupção desbaratada pelo Ministério Público?

Zé Valdeci: Estamos vivendo um momento histórico muito importante para nosso País, apesar de alguns membros do Ministério Público e do Judiciário partidarizar as decisões movidas fazendo essa conspiração junto a uma parte da imprensa brasileira, aquela verdadeira “cara do Brasil” que nós tantas vezes sonhamos, cantamos e pedimos para ver, e que por longas décadas estava oculta, está sendo mostrada, mesmo que com algumas maquiagens maquiavélicas.

Com a Democracia o povo pode denunciar os corruptos e decidir outros rumos do seu País, se assim o desejar. Fatos que antes eram omitidos da população hoje são vazados quase em tempo real para a Mídia. A Democracia possibilita o fortalecimento dos órgãos de controle como os Conselhos Municipais, o Ministério Público e a Polícia Federal dando mais autonomia.

Com os avanços tecnológicos da informação e com a lei federal nº 12.527/2011 de acesso à informação vamos, aos poucos, e pela primeira vez, ter a oportunidade de construirmos uma nação de soberania popular, graças a este governo que, até o momento, não tem interferido, da forma como era antes com o “engavetador-geral”, nas investigações das instituições competentes, permitindo assim que os processos sigam seu curso doa a quem doer.

Assim sendo, creio eu que isso vai fazer uma diferença e pude mudar muito o curso da nossa história, inclusive daqui de nosso Município, onde muitos ainda querem estar no poder público agindo como se estivessem acima da Lei. E isso precisa acabar. Precisamos fechar esse ciclo da “política dos coronéis e dos currais eleitorais”. Chega de opressão.

O povo tem que despertar, de fato, para uma Democracia mais cidadã, num processe mais dinâmico, saindo desse ostracismo onde, na maioria das vezes, nos acomodamos, dormindo na nossa indiferença egoísta. Para isso, precisamos participar mais dos processos administrativos de nossos recursos públicos e não deixar que, sozinhos, decidam por nós.

Gazeta do NorteQual a nota você daria para o prefeito e qual o motivo?

Zé Valdeci: Considerando que todo indivíduo, embora tendo alguns valores, é passível de cometer erros e olhando também, não para a pessoa do senhor Luciano Henrique Sordine Pereira, mas para a condição de Gestor Público na qual ele se encontra, minha nota é 3, principalmente pelo fato dele vir se colocando como um agente público perseguidor, arrogante e sem nenhuma transparência administrativa.