Vitória e Real Noroeste são liberados para retomar atividades visando a Série D

84

Em portaria publicada no Diário Oficial do Estado desta segunda-feira (20), o governo autorizou a volta dos jogos de futebol da Série D do Campeonato Brasileiro. Com a medida, o Vitória F.C. e o Real Noroeste F.C., que fazem parte deste grupo do Brasileirão, estão liberados a treinar e participar do campeonato que tem volta prevista para setembro.

Os demais clubes capixabas ainda não estão autorizados a voltar às atividades normais. Segundo o secretário de Saúde Nésio Fernandes, em coletiva na tarde desta segunda, a volta do Capixabão ainda está sendo discutida e não há data cravada para o retorno.

De acordo com a portaria publicada hoje, todas as atividades do Vitória e do Real Noroeste devem ser realizadas sem a presença de público. Além disso, as equipes médicas dos clubes devem formalizar uma rotina de avaliação clínica diária de todos os atletas e demais envolvidos, bem como garantir a realização de testes diagnósticos e demais exames.

A publicação diz ainda que cabe aos clubes atender rigorosamente todas as sugestões especificadas pela Confederação Brasileira de Futebol (CBF) por meio do “Guia Médico de Sugestões Protetivas para o Retorno às Atividades do Futebol Brasileiro”, proporcionando segurança e assistência para atletas, membros das comissões técnicas, funcionários e colaboradores.

> O clube deverá providenciar e realizar avaliações médicas de todas as pessoas envolvidas com o retorno dos treinos;

> Disponibilizar os recursos necessários para lavagem de mãos – lavatório com água corrente, sabonete líquido, toalhas de papel e coletor de resíduos – em locais estratégicos e nos sanitários;

> Afixar cartazes e avisos sensibilizando a todos os funcionários para a necessidade da lavagem regular das mãos com água e sabonete ou higienização com álcool 70%;

> Disponibilizar álcool 70% em todas as instalações do Clube, do estádio e do campo de treino para higienização das mãos;

> A circulação de pessoas nos locais de treinamento deverá ser restrita aos atletas, comissão técnica e demais profissionais essenciais à realização dos treinos e manutenção da limpeza e organização do local;

> Devem ser priorizados treinamentos em locais abertos e em horários escalonados, quando for possível, com o uso de mais de um campo;

> Os jogadores e funcionários deverão ser avaliados antes do treino, com medição diária de temperatura nas instalações do treinamento;

> É obrigatório o uso de máscara de proteção individual em todos os ambientes, excetuando-se os atletas durante as atividades de treinamento;

> Cada atleta utilizará sua própria garrafa para hidratação;

Fonte: folhavitoria