Vereadores vão criar associação para fortalecer suas reivindicações. Encontro foi em Nova Venécia

878

DSC02686A criação de uma associação de vereadores ou de câmaras municipais de todo o Espírito Santo e a implantação da Casa do Vereador, na Assembleia Legislativa (Ales), propostas pelo deputado estadual Enivaldo dos Anjos, deixou empolgados os mais de 40 vereadores, de 11 municípios, que compareceram à Câmara Municipal de Nova Venécia, na noite de sexta-feira, 26 de junho, para o 4º Encontro de Vereadores do Norte e Noroeste Capixaba. Além dos vereadores, diversas lideranças, como ex-vereadores e deputados estiveram presentes.

O evento, idealizado pelos vereadores francisquenses Carlim da Dengue e Juvenal Calixto e o deputado Enivaldo dos Anjos, já tinha sido realizado em Barra de São Francisco, Mantenópolis e Alto Rio Novo. A próxima e última reunião desta fase acontecerá no dia 31 de julho, na Câmara de Vereadores de São Gabriel da Palha.

O encerramento desta fase, que tem servido para os vereadores se conhecerem e trocarem informações sobre os problemas comuns, será encerrada na primeira semana de agosto, com uma sessão especial na Assembleia Legislativa, que será, inclusive, transmitida pela TV ALES. O governador Paulo Hartung será o convidado de honra do evento, junto com o presidente da Ales, Theodorico Ferraço.

“Os prefeitos têm uma associação, chamada Amunes, da qual já fui dirigente. Os vereadores capixabas tentaram por várias vezes, criar uma associação própria, mas a ideia nunca vingou. Agora, com esta mobilização iniciada aqui no norte do Estado, nós vamos conseguir alavancar esta instituição, que dará mais força aos vereadores em suas reivindicações”, explicou Enivaldo.

Para o deputado do PSD, a ideia é fazer com que o vereador participe mais da vida política. Fazendo uma analogia com o futebol, Enivaldo disse que o vereador hoje é como um lateral esquerdo ou direito do “futebol antigo”, que não podia ultrapassar o meio do campo.

“Queremos fortalecer os vereadores, fazer com que fiquem mais próximos dos deputados e, assim, fortalecer o Poder Legislativo como um todo”, sustenta. A força dos vereadores, de acordo com Enivaldo, está em saber a diferença entre apoiar um prefeito e ser submisso a ele. “Tem que ter unidade. O que interessa para o mandato do vereador é a união, porque o Legislativo precisa ser valorizado. Agora, se você abre mão de seus direitos, vota, por exemplo, uma suplementação orçamentária de 100%, depois não pode cobrar”, ensina.

Ausência Apesar da satisfação pelo grande número de vereadores e lideranças presentes no encontro de Nova Venécia, Enivaldo deixou claro que “atividade política é para quem gosta e, quem não gosta, deveria abrir espaço para outros. “Hoje conseguimos o milagre de colocar neste plenário, mais de 20 mil pessoas”, disse ele, referindo-se ao fato de que, cada um dos mais de 40 vereadores presentes, representa, em média, 500 votos em sua cidade.

“Não temos aqui um vereador de Ecoporanga, mas eles estão lá reclamando que as obras não aparecem”, lamentou. Reivindicações A necessidade de apresentação das demandas dos municípios durante o encontro foi minimizada por Enivaldo, que entende que o mais importante destas reuniões é a troca de ideias, para que sejam encontradas demandas comuns.

“A ideia da vereadora Leunice (Leunice Teixeira, de Alto Rio Novo), de discutir demandas regionalizadas, é muito interessante, pois facilita e fortalece o trabalho dos vereadores. Em Barra de são Francisco, na área da saúde, isto fica mais fácil, pois existe um hospital regional e as demandas de Água Doce do Norte e Ecoporanga podem ser atendidas em conjunto”, exemplificou.

As reivindicações dos municípios, passadas pelos vereadores, serão listadas e apresentadas na sessão especial da Ales, em agosto. “São quase 200 vereadores na nossa região e queremos contar com a maioria, se possível todos eles, nesta sessão. Junto com os deputados, nós conseguimos fazer um movimento pesado, capaz de ser ouvido”, acentuou Enivaldo.

Gleyciária parabeniza Enivaldo

A vereadora Gleyciária Bergamim, que foi responsável pela organização do encontro em Nova Venécia, junto com os colegas Idáulio Bonomo e José Cabeção, parabenizou o deputado Enivaldo dos Anjos pela ideia de realizar estes encontros e promover a união dos vereadores. Gleyciária salientou que a união de todos é muito importante para fortalecer a categoria e conseguir atrair as obras e serviços de que a nossa região necessita.

“Agradecemos de coração a presença de todos vocês aqui em Nova Venécia, nesta sexta-feira. Estamos felizes por ver tantos colegas, de tantos municípios, reunidos aqui hoje. Creio que o nosso objetivo está sendo cumprido”, concluiu.

Os vereadores Daulim Bonomo e Cabeção também fizeram questão de agradecer a presença de todos e elogiaram, mais uma vez, a iniciativa dos vereadores francisquenses, apoiados por Enivaldo, para alavancar esse movimento, que irá propiciar o fortalecimento dos legislativos municipais. Saúde é a principal demandada região A área de saúde foi, de longe, a que mais gerou demandas durante o encontro de vereadores em Nova Venécia.

A construção de um hospital regional em Nova Venécia, por exemplo, foi uma demanda apoiada por vários outros municípios circunvizinhos, que lamentam o fato de a cidade, com quase 100 mil habitantes, não ter ainda um hospital regional. Em São Gabriel da Palha, o vereador Thiago dos Santos, falando em nome dos demais colegas, disse que a principal demanda também é o fortalecimento da área de saúde, principalmente a reforma e ampliação do hospital local, que atende a outros municípios do seu entorno, como Vila Valério e São Domingos do Norte.

A vereadora Valdirene Santana, de Pinheiros, também pediu pela implantação do hospital e maternidade de São Mateus e o hospital regional de Nova Venécia, além da ampliação da escola de tempo integral e pavimentação do trecho entre São João do Sobrado e a Sede do município, dentro do Programa Caminhos do Campo.

Já o vereador Cafeu, de São Mateus, criticou o fato de seu município, um dos maiores da região norte do Estado não ter ambulâncias. “Meu carro trabalha dia e noite levando gente para Vitória, Linhares e outros centros, porque, além de não termos bons hospitais, não temos ambulâncias em condições de transportar os doentes”, lamentou.

A maioria das outras demandas apresentadas pelos vereadores está relacionada à pavimentação de estradas, segurança pública e também à questão da seca que vem assolando a região. Todas as demandas apresentadas nos quatro encontros já realizados, e no próximo, em São Gabriel da Palha, serão listadas e apresentadas ao Governo do Estado em conjunto pelos vereadores e deputados.

Deputados participam e elogiam iniciativa de Enivaldo dos Anjos O encontro de vereadores em Nova Venécia foi, sem dúvida, o que mais gente reuniu até o momento, uma vez que os vereadores dos municípios que já tinham realizado o encontro compareceram em massa e trouxeram mais colegas. Mas, a grata surpresa do evento foi a participação de outros deputados, tanto da área federal quanto estadual.

Estiveram presentes no evento os deputados federais Dr. Jorge e Max Filho e os estaduais Freitas e Frei Honório. Max Filho teve que retirar antes do início do evento, devido a um compromisso já agendado, mas os demais permaneceram até o final.

Os deputados estaduais Freitas e Frei Honório não pouparam elogios aos vereadores e ao colega Enivaldo dos Anjos, pela mobilização e se colocaram à disposição para contribuir no que for preciso para alavancar o movimento. O mesmo se deu com o deputado Dr. Jorge, que colocou seu mandato na Câmara dos Deputados à disposição dos vereadores e enalteceu a iniciativa de se criar uma entidade representativa dos parlamentares municipais.

Por: Weber Andrade