Vereadores continuam blindando o prefeito, mas o MP colocará as coisas no “eixo”

826
Foto ilustrativa
Foto ilustrativa

O vereador Valézio Armani apresentou nesta segunda feira, 07/03/2016, um pedido de informações para ser votado pelo Plenário da Câmara, solicitando informações sobre os gastos com combustíveis pelos veículos da secretaria municipal da saúde.

Quando da votação do pedido de informações apenas os vereadores José Valdeci, Lula Cozer, e o próprio autor do requerimento votaram favoráveis, os demais foram contrários ao pedido de informações.

Ressalta-se que nesta matéria o vereador Juvenal Calixto como Presidente da Casa não vota. Ao justificar seu pedido o vereador Valézio informou que o requerimento era para exercer sua função de fiscal, pois, recebeu a denúncia de que no pátio da garagem da saúde existem duas ambulâncias paradas há muito tempo e tem sido feito abastecimentos usando as placas destas ambulâncias e que o combustível estaria sendo desviado para veículos particulares.

Após o resultado da votação o vereador se disse desapontado com a falta de vontade de fiscalizar os gastos públicos, mas salientou que representará ao Ministério Público para apurar esse abuso.

Um dos defensores para se negar o pedido de informações foi o vereador Camatinha. Esse vereador tem se mostrado bastante aguerrido para defender e blindar a atual administração, mas não demonstra a mesma garra para defender a sua região, prova disso é o estado em que se encontrava uma rua recuperada pelos próprios moradores e a pracinha de Vila Monte Sinai.

Recentemente teve um esgoto escorrendo na rua central do distrito de Monte Sinai e o vereador não abriu a boca para reclamar da situação e buscar reparar a rede, parece que estava até gostando de ver o sofrimento dos moradores.