Vereador Tiãozinho da Colina sai em defesa dos funcionários da Libra e Ambiental em Barra de São Francisco

388

456Na última sessão da Câmara Municipal de Barra de São Francisco, o vereador Tiãozinho da Colina, no uso das suas prerrogativas regimentais, foi o autor de uma indicação da necessidade de sensibilizar as empresas Cesan e Escelsa, para que estas não efetuem os cortes no fornecimento de água e energia elétrica, dos imóveis residenciais dos funcionários das empresas, Libra e Ambiental.

            Tiãozinho argumentou que os funcionários das referidas empresas estão com três meses de atraso nos seus pagamentos. O vereador disse que esta situação se agrava, pois os funcionários ainda são obrigados a terem de buscar crédito nos estabelecimentos que comercializam alimentos e outros são ainda penalizados por morarem de aluguel.

Vale lembrar que a prefeitura de Barra de São Francisco deve as empresas Libra e Ambiental cerca de R$ 19 milhões de reais e não paga nem a troco de reza brava. As empresas estão correndo sério risco de levar “calote” por parte da prefeitura de Barra de São Francisco.