Vereador eleito pode não assumir cadeira no legislativo francisquense em 2017

1444
Mazinho do Hospital pode ocupar a vaga de Emerson Lima
Mazinho do Hospital pode ocupar a vaga de Emerson Lima

Renovação, essa foi a palavra na política de Barra de São Francisco, que inclusive foi apoiada pelo deputado estadual Enivaldo dos Anjos e o ex-prefeito Waldeles Cavalcante, ambos do PSD. A população renovou o prefeito, elegendo Alencar Marim (PT) para o lugar de Luciano Pereira, o Pereirinha (DEM) e também elegeu 8 novos vereadores para a legislatura 2017 a 2020.

Esse número pode mudar na câmara municipal de Barra de São Francisco, já que o vereador reeleito Emerson Lima (DEM) responde a processos na justiça, o que pode fazer com que ele perca o mandato.

Emerson Lima, inclusive corre o risco de nem assumir o mandato em 2017, isso se o processo contra ele não ficar na gaveta da justiça, o que muita gente não acredita, pois o povo deu a resposta nas urnas e certamente a justiça estará atenta a isso também. Caso Emerson Lima seja condenado, quem assume o lugar dele na câmara municipal é Mazinho do Hospital (PMDB), que é primeiro suplente na coligação

Não conseguiram se reeleger:

Carlim da Dengue

Jessuí da Cesan

Camatinha
Antônio Morais

Lula Coser

Tiãozinho da Colina

Não foram candidatos

Aloysio Alves

Valézio Armani

Vejam a lista dos 13 eleitos:

Rafael (DEM) – 1190 votos (NOVO)

Zilene do Pisiu (PMDB) – 1050 votos (NOVO)

Mulinha (PDT) – 1027 votos

Teco Ferreira (PSD) – 1021 votos (NOVO)

Emerson Lima (DEM) – 1008 votos

Cabo Jonciclé (PMDB) – 916 votos (NOVO)

Admilson Brum (PRP) – 859 votos (NOVO)

Juvenal Calixto (SD) – 766 votos

Huander Boff (PSB) – 741 votos (NOVO)

Zé Valdeci (PT) – 688 votos

Paulinho (PV) – 547 votos

Lemão Vitorino (PSD) – 427 votos (NOVO)

Zilma Matos (PT) – 342 votos (NOVO)