Vereador é acusado de espiar mulheres trocando de roupa por buraco no teto

232

Um vereador de Varginha, em Minas Gerais, é acusado de espiar, por um buraco no teto, mulheres trocando de roupa em um banheiro do Centro de Atenção Integral à Criança e ao Adolescente (Caic).

De acordo com o site BHAZ, as vítimas denunciaram nas redes sociais e o vereador virou alvo da Polícia Civil.

As equipes das Polícias Civil e Militar foram até a casa do vereador e encontraram uma espingarda de origem turca, aparentemente sem registro. Material da campanha eleitoral também foi apreendido no local.

Ainda segundo o site, o vereador tinha um cômodo no Caic, sem autorização. O local onde o acusado teria cometido o crime foi periciado e a polícia afirmou que ele estaria usando um banco para subir até o teto.