Vereador denuncia descaso com escola no interior de Barra de São Francisco

441

90Ao tomar conhecimento através deste site sobre o descaso com os alunos da escola localizada na propriedade de João Bianquini, no Córrego Itaúnas em Barra de São Francisco, o vereador Carlin da Dengue fez uma visita a mesma na quarta feira, 11/03, e disse que ficou horrorizado com a situação. O piso da escola está todo trincado, carrapatos pelas paredes, entre outros. A escola segundo o vereador está abandonada pela prefeitura.

De acordo com a mãe de um aluno, no ano passado a merendeira conseguiu remendar o fogão com durepoxi, sendo que tal ação acarretou em queimaduras nos seus braços, este ano ela disse que é impossível remendar novamente o fogão que se encontra em estado precário, e que desde o ano passado elas fizeram o pedido de um fogão novo e até a presente data a escola não recebeu o fogão por parte da prefeitura de Barra de São Francisco.

“Então por causa de um fogão meu filho e demais alunos estão perdendo aula, peço a você que façam algo por estes alunos que perdem o direito de aprendizagem. Peço apenas o que é de direito dos alunos. Nós pedimos socorro”.

“Na próxima segunda feira vou colocar a boca no trombone e pedir informações ao prefeito e se não resolver foi acionar o Ministério Público para tomar as providências necessárias”, promete o vereador.

“Ainda fala em municipalizar o Polivalente, não cuida nem das que tem”, encerra Carlin da Dengue. O presidente do partido dos Trabalhadores (PT), Rodrigo Chequetto, comentou rapidamente a situação. “E ainda querem municipalizar mais escolas sinceramente não há como compreender.

O polivalente vereador Zé Valdeci (PT) também comentou a situação. “INCOERÊNCIAS DA ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA FRANCISQUENSE – Quer municipalizar o Polivalente, mas não tem dinheiro pra comprar um fogão para uma escola do interior que já é de sua responsabilidade. Então, pergunto a vocês: qual é o pano de fundo dessa “jogada política”?

“Quero fazer um apelo para nossos vereadores Carlin da Dengue e José Valdeci de Souza, já que nós fomos privilegiados em termos dois vereadores na nossa região. Peço a vocês que olhem pela Escola Itaúnas que está sem fogão desde o ano passado e assim os alunos sem merenda sendo que por causa disso a professora é obrigada a liberar os alunos todos os dias as 15hs, porque não tem como as crianças passarem o período de aula sem merenda”.

Vejam através das fotos a real situação da escola e o que passam os alunos, inclusive, o maldito durepoxi colado no fogão.