Tragédia de Ibiraçu: Os quatro mortos retornavam de um sítio em Barra de São Francisco

1061
Em destaque os quatro que morreram no acidente
Em destaque os quatro que morreram no acidente

Um grave acidente deixou quatro mortos, incluindo uma criança de 5 anos, e uma adolescente de 12 anos ferida. A colisão envolvendo quatro veículos aconteceu no km 226 da BR 101, no município de Ibiraçu, Norte do Estado, por volta de 17h desta terça-feira (17).

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) informou que a pista precisou ser totalmente interditada para o atendimento da ocorrência. A rodovia só foi liberada por volta de 21h30, gerando um longo congestionamento. Alguns motoristas informaram que a fila chegou à Serra, na Grande Vitória.

Colisão

Segundo a PRF, o motorista do Cross Fox causou o acidente. A concessionária que administra a via, Eco 101, informou que um Siena, um Cross Fox, um Saveiro e o caminhão se envolveram na batida. Todas as vítimas estavam no Siena.

De acordo com informações iniciais da Polícia Rodoviária Federal (PRF), o Fox, que seguia no sentido Vitória, ao tentar fazer uma ultrapassagem na faixa contínua da rodovia, colidiu contra o caminhão, que seguia no sentido São Mateus, Norte do Estado.

Com a batida, o caminhão perdeu o controle e colidiu de frente com o Siena, empurrando-o para o barranco na lateral da pista. O caminhão tombou ficando atravessado na BR 101. Logo em seguida, um Saveiro colidiu contra a carga do caminhão – caixas de madeira vazias que ficaram espalhadas na via.

O motorista do caminhão, Arlindo Carvalho de Souza, 48 anos, disse que não teve tempo nem para frear. “O Fox invadiu uns 40 centímetros da minha faixa. Bateu na frente do caminhão e perdi o controle. Nem vi que tinha que tinha atingido um outro carro quando o caminhão tombou”, disse. Ele tem 15 anos de profissão e informou nunca ter se envolvido em um acidente.

Morreram no Siena o condutor Juracir Ambrósio; sua esposa, Josiane Lagasse; e sua sogra, Zilda Lagasse. Com eles estava uma afilhada de Josiane, identificada apenas como Rauany, de 5 anos, que também morreu no local.

A filha de Juracir, Weslaine Ambrósio, de 12 anos, foi socorrida e levada para o Hospital São Camilo, em Aracruz, com lesões graves, segundo a PRF. Seu estado de saúde era estável na noite de ontem, de acordo com informações da direção da unidade hospitalar.

Retorno

O cunhado de Juracir, o agente comercial Valdir Coutinho de Azevedo Filho, informou que a família residia em Cascata, na Serra, e que o retorno deles estava sendo aguardado para o final da tarde desta terça-feira. “Como estavam demorando, ficamos preocupados. Logo depois soubemos do acidente. É muito triste”, relatou.

A família retornava de um sítio, localizado em Barra de São Francisco, Norte do Estado, onde, segundo o cunhado, visitavam com frequência.

Os corpos das vítimas foram encaminhados para o DML de Vitória e liberados na manhã desta quarta-feira (18). Os motoristas do Fox e do caminhão foram levados para o DPJ de Aracruz, para prestar depoimento.

Fonte: gazetaonline