Tiros, pânico, morte e correria na saída do ‘Parador Internacional’ em Guriri

621

Um homem, que não teve a identidade divulgada, foi morto a tiros em frente a casa de shows ‘Parador Internacional’ na madrugada deste sábado (22), em Guriri, em São Mateus, no Norte do Espírito Santo.

Segundo a Polícia Militar, quando os policiais chegaram no endereço um primo da vítima disse que tinha ido ao local com seu parente e alguns amigos e, que a vítima saiu primeiro do evento para pegar o carro que estava em um estacionamento afastado. O parente contou que nesse momento ouviu disparos de arma de fogo e quando conseguiu sair do local, viu uma aglomeração e um corpo. Ao se aproximar, percebeu que se tratava do seu primo. Ele, rapidamente, pegou o carro para socorrer o primo, porém, após andar alguns metros notou que a vítima já estava sem vida e, acionou a PM.

Testemunhas relataram à reportagem que houve pânico e correria na hora do crime. Artistas famosos se apresentaram na casa de shows ‘Parador Internacional Guriri’ entre a noite de sexta e a madrugada deste sábado, como Vitor Fernandes, João Gomes e Tarcísio do Acordeon.

Em nota, a Polícia Civil disse que o caso seguirá sob investigação da Delegacia Especializada de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) de São Mateus. Detalhes da investigação não serão divulgados, por enquanto.

O corpo da vítima foi encaminhado para o Serviço Médico Legal (SML) de Linhares, para ser necropsiado e, posteriormente, liberado para os familiares.

“A Polícia Civil destaca que a população tem um papel importante nas investigações e pode contribuir com informações de forma anônima através do Disque-Denúncia 181, que também possui um site onde é possível anexar imagens e vídeos de ações criminosas, o disquedenuncia181.es.gov.br. O anonimato é garantido e todas as informações fornecidas são investigadas”, finaliza a nota.

A Parresia