Taxista conta seu drama após ser resgatado com vida de assalto em Barra de São Francisco

5080

Paulo Sérgio Roseira, taxista de Barra de São Francisco, passou por maus momentos, na tarde de domingo último, 19/11/2017, por volta das 03 horas da manhã, quando foi solicitado por três desconhecidos para uma corrida, mas que o taxista teria que pega-los no bairro Vila Luciene.

O taxista chegou ao local solicitado pelos três homens que adentraram no veículo e solicitaram que o motorista os levassem até a uma casa de show Bangalô. Só que o trajeto foi mudado, sendo que os três desconhecidos que estavam armados anunciaram o assalto e um dos assaltantes tomou controle do taxi e o taxista Paulo foi colocado na poltrona de trás e mudaram a rota e mais adiante o dono do taxi foi colocado no porta malas do carro.

Já no porta-malas do carro, Paulo conseguiu enviar mensagem de seu celular para os colegas. Os demais taxistas que se encontravam no trabalho saíram a procura do colega Paulo. O taxista foi encontrado no porta-malas de seu carro na localidade de Areia Branca, interior de Barra de São Francisco.

Ao ser salvo pelos colegas, Paulo que estava muito assustado, chegou a dizer, “pensei que iriam me matar, quando me tiraram do veículo para me colocar no porta-malas pedi pelo amor de Deus para os assaltantes levarem o que quisessem, mas que poupasse minha vida, pois tinha filhos para criar, e eles só me diziam para ficar calmo.

Foi o pior momento que já passei em minha vida, não desejo isso para ninguém, Deus salvou minha vida e tocou no coração daqueles três assaltantes desconhecidos”, disse Paulo com lagrimas nos olhos.

Policiais militares do 11º BPM de Barra de São Francisco fizeram buscas, mas não conseguiram localizar os três indivíduos.