Suspeito de matar cliente de bar por causa de cerveja é preso

199

Um homem, de 37 anos, acusado de matar o cliente de um bar do distrito de Povoação, em Linhares, no Norte do Espírito Santo, após uma discussão por cerveja, foi preso na manhã desta terça-feira (26).

O crime aconteceu no dia 26 de outubro de 2019. A vítima Arley Machado Coutinho, de 39 anos, foi morta com um tiro no olho e, segundo as investigações, o motivo foi uma briga por causa de uma garrafa de cerveja.

De acordo com testemunhas, a vítima chegou ao bar e pediu determinada marca de cerveja, mas a atendente abriu uma garrafa de outro rótulo. A vítima questionou e a atendente pegou a cerveja correta. Ao fechar a conta, o bar cobrou as duas garrafas e a briga teve início.

As investigações apontaram que, em meio à discussão, surgiu o suspeito Julio Muniz dos Santos, que era amigo do dono do bar. Ele exigiu que a vítima pagasse pelas duas cervejas e atirou no olho da vítima, que morreu no local. Depois do crime, o homem fugiu.

A Polícia Civil investigava e fez buscas pelo suspeito em endereços dele, mas Julio não tinha do localizado. Na manhã desta terça, ele se entregou na Delegacia Regional de Linhares e foi encaminhado para o Presídio Regional de Linhares, onde permanecerá à disposição da Justiça.

G1 ES