Servidores se recusaram a assinar nota de repudio contra vereadores de Nova Venécia

697
Vereadora Gleyciaria se destacando muito com sua brilhante atuação na camara municipal de Nova Venécia
Vereadora Gleyciaria se destacando muito com sua brilhante atuação na camara municipal de Nova Venécia

A Secretaria Municipal de Educação de Nova Venécia tentou obrigar os servidores municipais do setor a assinarem uma nota de repúdio, preparada por ela, contra os vereadores que denunciaram o uso de produtos vencidos na merenda escolar. A tentativa, no entanto, não obteve êxito, já que a maior parte das pessoas se recusou a assinar o documento, por entender que os vereadores estavam cobertos de razão.

“A vereadora Gleyciária, que é professora e foi alertada pelos colegas para o problema da falta de merenda e do uso de produtos vencidos, agradeceu a todos os diretores de escolas e funcionários “que nos receberam carinhosamente e de forma amigável, sem receio algum de nossa entrada nas escolas, isso por terem claramente definido em suas mentes qual a verdadeira função do legislador, dentre elas fiscalizar”.

Gleyciária, falando em nome do grupo de vereadores independentes, disse que aqueles que se demonstraram preocupados ou receosos com a presença dos vereadores, vivem até hoje nos tempos do coronelismo. “Quanto à nota de repúdio encaminhada às escolas pela Secretaria Municipal de Educação através de e-mail, entendemos tal ação como uma forma desesperada de contorcer a realidade encontrada em parte das escolas visitadas pelo bloco de vereadores”, criticou o vereador Daulim Bonomo.

“Fiscalizar é nossa função, principalmente quando há denúncias a serem constatadas, por isso parabenizamos a todos os profissionais da Educação que, de forma coerente e sensata, se recusaram a assinar tal documento, pois o mesmo chega a ser indecente, considerando que os vereadores estavam apenas exercendo uma de suas atribuições, que é fiscalizar o executivo”, concluiu Gleyciária.

Por: Weber Andrdade