Servidor da prefeitura de Barra de São Francisco reage contra perseguição política

833
Divininho com o banner nas mãos, está sendo perseguido pelo prefeito e secretário
Divininho com o banner nas mãos, está sendo perseguido pelo prefeito e secretário

“Divininho” representou perante o Ministério Público contra o secretário municipal de Educação, ALDAIR RHEIN, e contra o prefeito municipal, LUCIANO PEREIRA, o Pereirinha (DEM), por perseguição política, e os perseguidores podem vir a responder por ato de improbidade administrativa.

Por ele ser um funcionário simples e humilde, Francisco Divino Dias, o “Divininho”, está tendo que conviver com mais uma perseguição imposta pelo secretário municipal de Educação, Aldair Antônio Rhein, que, a mando do prefeito municipal, Luciano Pereira (DEM), transferiu “Divininho” para bem longe da sede de Barra de São Francisco, simplesmente por perseguição política.

Esta não é a primeira vez que “Divininho” está sendo alvo de assédio moral. No primeiro ano de governo do atual prefeito, “Divininho” foi transferido da sede do município onde mora para tirar serviço na escola Família Agrícola (Fazenda Cozer), pelo simples fato de ter votado em outro candidato e não no atual prefeito.

Agora “Divininho” foi mandado tirar serviço em um local bem distante da cidade, ele foi transferido para o distrito de Cachoeirinha de Itaúnas. O servidor público municipal está sendo castigado pelo simples fato de ter participado das últimas manifestações contra a “corrupção” envolvendo a cúpula da atual administração do Município de Barra de São Francisco.

Mas desta vez “Divininho” reagiu e representou nesta segunda feira, 21/03/2016, perante o Ministério Público Estadual contra o secretário Aldair Rhein e contra o prefeito Luciano Pereirnha, e agora aguarda uma resposta da Promotoria de Justiça, que possivelmente ingressará com mais uma ação civil pública por ato de improbidade administrativa contra os perseguidores.

334335