Secretaria de Limpeza já começa a trabalhar para recolher lixo do Ano Novo

434
O prefeito chamou o secretário Isaque Antonio para conversar sobre a limpeza da cidade

O município tem o desafio de instalar, até 31 de julho, o aterro sanitário para acabar com lixões e tratar de forma adequada os resíduos sólidos. 

O primeiro secretário a despachar com o prefeito Enivaldo dos Anjos, na manhã desta sexta-feira (1º), logo depois da posse, foi o de Serviços e Limpeza Pública, Isaque Antonio da Silva, que recebeu a determinação de colocar equipes nas ruas pare recolher o lixo acumulado pelas festas de passagem de ano. O setor é uma das preocupações do novo prefeito.
“A cidade precisa estar limpa para que a população possa se adequar e começar a cuidar dos espaços públicos. Pedi ao secretário para colocar suas equipes na rua de imediato e fazer um levantamento de suas necessidades para sanarmos logo as carências. Se necessário, vamos contratar mais garis porque limpeza é fundamental”, disse Enivaldo.
Outro desafio que Enivaldo vai enfrentar logo no início é a construção de um aterro sanitário para o lixo produzido na cidade. A lei 12.305/2010 determinou para agosto de 2014 o prazo final para encerramento dos lixões e, até essa data, os rejeitos urbanos deveriam estar dispostos de forma ambientalmente correta.
Mas, como muitos municípios estão com dificuldades para cumprir o prazo, a data se estendeu para o intervalo entre 2018 e 2021, segundo o tamanho da população municipal, de acordo com o PL 2289/15. No caso de Barra de São Francisco, que tem população inferior a 50 mil habitantes, o prazo limite é 31 de julho de 2021. Portanto, são apenas sete meses para o município se adequar à Política Nacional dos Resíduos Sólidos, estabelecida em 2010.
O prefeito Enivaldo dos Anjos agendou para esta sexta-feira, dia 1º, às 17 horas, a primeira reunião com o secretariado para passar as prioridades de cada pasta. Todos já foram nomeados como primeiro ato de governo de Enivaldo, logo após a posse.