Secretaria com prioridade na mulher será comandada por assistente social

1743

A antiga pasta de assistência social vai ganhar uma nova configuração na administração de Enivaldo dos Anjos na Prefeitura de Barra de São Francisco. “Não é uma simples troca de nome, é mudança de perfil de atuação”, justifica o futuro prefeito para a “nova” Secretaria da Mulher, Habitação e Assistência Social, que será comandada pela assistente social Shirley Teixeira Ribeiro, 43 anos, que aceitou na manhã desta terça-feira (29) o convite feito para assumir a missão de mudar a abordagem do setor e é o sétimo nome do primeiro escalão já definido.

“Foi surpresa, mas uma surpresa boa. Eu nem sabia se continuaria trabalhando, porque não sou efetiva. Na época da eleição, o Enivaldo me chamou para conversar querendo saber como funcionava a secretaria e o que a gente achava que deveria acontecer. Fui até com uma outra assistente social, porque eu estou mais voltada para o CRAS (Centro de Referência em Assistência Social), que chefio desde 2017. Colocamos para ele como as coisas funcionam e o que imaginávamos que deveria ser feito, mas, sinceramente, não esperava que fosse eu a escolhida”, disse Shirley.

Quando o prefeito falou sobre o novo perfil da pasta, Shirley já gostou de imediato: “Acredito que vai ser um trabalho muito bom, porque a Secretaria já trabalha com o empoderamento e a emancipação feminina e das famílias, mas tendo isso com uma visão política da administração, ganhamos mais força no propósito”.

DIGNIDADE HUMANA

Como exemplo, Shirley citou a entrega neste dia 29 de 30 certificados de conclusão do curso de pintura que foi ministrado a mulheres do Córrego da Penha. “Temos muitos cursos como esses, porque o objetivo é possibilitar que as mulheres tenham renda e possam sair da dependência cultural do marido ou do poder público. A pessoa nãopoe ficar a vida ineira recebendo bolsa família e cesta básica. Isso tira a dignidade do ser humano, humilha a pessoa. Ela nem percebe, mas vira uma escrava”, comentou Shirley.

A ligação da família de Shirley com o futuro prefeito remonta à própria infância de Enivaldo em Barra de São Francisco. “Ele e meu pai (Eliseu Teixeira, do cartório de Vila Nelita, hoje pertencente a Água Doce do Norte) eram amigos de infância e nunca perderam esse contato. Por coincidência, há uma ligação também com meu sogro (Altamiro, pai de Fábio Ribeiro Teixeira, marido de Shirley)”, contou a futura secretária.

Casada desde 1996 com Fábio, dono de um comércio de vestuário na Rua Mineira, o casal tem duas filhas. Shirley formou-se em 2009 em Assistência Social no primeiro curso à distância que houve na cidade, ministrado pela Universidade Federal de Tocantins. Já fez de tudo um pouco foi professora na Escola Vicente Amaro e, enquanto estudava para ser assistente social, começou a estagiar na Prefeitura e depois ficou trabalhando por seis anos, na gestão de Valdeles Cavalcante (até 2012).

Atuou também na assistência social da Prefeitura de Água Doce do Norte e foi contratada do Hospital Dr Alceu Melgaço Filho. A partir de 2017, convidada por Alencar Marim, assumiu a chefia do CRAS, onde permanece até hoje.

O convite foi feito pelo futuro prefeito Enivaldo dos Anjos com algumas recomendações. “Temos que oferecer o pão, mas ensinar como ganhar o pão para que as pessoas não fiquem dependentes”, disse Enivaldo na mensagem de texto enviada a ela no convite. “Gostei da ideia.

Em 2007, as mães procuravam a assistência para pedir remédio para seus filhos pequenos, muitos deles hoje na marginalidade. É disso que estamos falando, de uma orientação das famílias. É um grande desafio, mas vamos juntos mudar essa cultura de dependência. Vindo do prefeito a visão, é um incentivo a mais”, comentou Shirley.

Competirá à nova secretária também dar execução às propostas do futuro prefeito na área de habitação. “Não é minha área, mas sei que a secretaria tem o levantamento e vou levar isso ao prefeito, o déficit habitacional do município. Precisamos aderir aos programas federais de habitação, mas sei que o Enivaldo gosta muito da ideia de fazer a comunidade se comprometer, as pessoas umas com as outras, construir em mutirão. Vamos buscar executar isso com base em levantamentos que já teremos em mãos”, finalizou.

SECRETARIADO

Agora, já são sete os secretários e secretárias escolhidos:
– Elcimar de Souza Alves, na Administração;
– Israele Cândido, na Cultura;
– Marianne Cavalcante, em Obras;
– Capitão PM Valmer Francisco Simões, para Defesa Social e Guarda Municipal;
– Isaque Antonio da Silva, de Serviços e Limpeza Pública;
– Guilherme Silva Fernandes, no Desenvolvimento Econômico e Geração de Empregos.
– Shirley Teixeira Ribeiro, da Mulher, Habitação e Assistência.