Saúde: Conheça os alimentos que ajudam a liberar a circulação

506
Isabella, 25 anos, mudou os hábitos alimentares há um ano e sentiu melhorias estéticas e na saúde
Isabella, 25 anos, mudou os hábitos alimentares há um ano e sentiu melhorias estéticas e na saúde

Talvez você não saiba, mas a celulite que nunca vai embora, a fadiga, o inchaço nas pernas e até dificuldades de raciocínio e memória podem ser consequências da má circulação. Para que o sangue circule pelo corpo da melhor maneira possível, algumas atitudes são importantes. A alimentação é uma delas.

“Através da circulação do sangue, o organismo elimina as toxinas, leva o oxigênio para as células, retira gás carbônico e ajuda na absorção de nutrientes. É essencial para a vida”, afirma o presidente da Cooperativa dos Angiologistas e Cirurgiões Vasculares do Espírito Santo (Coopangio), Leonardo Lessa.

Gengibre, nozes, cereais integrais, alho, frutas cítricas e verduras verdes são alguns dos alimentos que contribuem para a boa circulação. “O gengibre, por exemplo, é um analgésico natural, que reduz dor, inchaço e estimula a circulação. Ajuda a melhorar a absorção de nutrientes e oxigênio no sangue, e ainda melhora a flexibilidade dos grandes vasos sanguíneos e das articulações”, diz o médico.

A nutricionista Luane Magnago recomenda uma fatia fina da raiz ao dia. “A maioria desses alimentos podem e devem ser consumidos durante toda a vida. Só limitamos o consumo de gengibre e pimenta caiena para crianças e pré-adolescentes, por serem estimulantes e terem efeito termogênico (produz calor).”

De acordo com Luane, quem come diariamente esses alimentos, consegue manter a integridade dos vasos sanguíneos e garantir uma boa circulação. “Não é necessário incluir todos. Consumir de um a três por dia é o ideal.”

A bacharel em Direito Isabella Novaes, 25, passou a incluir alimentos que contribuem para a boa circulação na dieta e percebeu os benefícios. “Eu tinha celulite e me sentia inchada. Quando passei a consumir nozes, suco verde, melancia e cebola roxa melhorei muito e nem sinto mais o inchaço da menstruação”. Para os resultados serem completos, Isabella também faz exercícios três vezes por semana.

O angiologista Leonardo Lessa explica que a alimentação é uma aliada, mas também são necessárias outras atitudes. “Deve-se fazer exercícios regularmente; ingerir menos açúcar, sal e gorduras; e beber líquidos. É um conjunto de medidas. Não podemos tomar uma dessas orientações como única.”

Inclua no cardápio

1 – Cereais integrais

Ajudam a eliminar toxinas do sangue, melhorando a circulação. Aveia, trigo e cevada são exemplos. Dose: 2 colheres (sopa) ao dia.

2 -Abacate

Tem ômega 3, que é saudável ao coração e contribui para o sistema cardiovascular e a boa circulação. Dose: 1/4 ao dia.

3 – Sementes de abóbora ou girassol

Rica em vitamina E, ideal para proteger os tecidos do corpo e fornecer a elasticidade para veias e articulações. Contribui para prevenir coágulos sanguíneos e favorece a circulação nas pernas. Dose: 2 colheres ao dia.

4 – Aipo

Rico em vitamina K, nutriente necessário para o fluxo sanguíneo e a coagulação saudável, o aipo também elimina toxinas. Dose: 1/2 talo ao dia.

5 – Frutas cítricas

Limão e laranja ajudam na circulação, pois baixam o nível de açúcar e atuam como anti-inflamatórios. A vitamina C contribui para a limpeza do organismo. As fibras são aliadas do coração e do sangue. Dose: 2 unidades ao dia.

6 – Verduras verdes

Os alimentos verdes ajudam a limpar o fígado, responsável por filtrar o sangue. Também são fonte de vitaminas C e K, que contribuem para a circulação. Espinafre, couve e alface são exemplos. Dose: 1 prato por dia.

7 – Cebola roxa

A quercetina (um flavonoide encontrado na cebola roxa) tem ação anti-inflamatória e é eficiente na prevenção de vasinhos. Dose: 1 colher (sopa) ao dia.

8 – Melancia

Fruta rica em licopeno (antioxidante natural), que ajuda a melhorar a circulação. Dose: 2 a 3 fatias ao dia.

9 – Pimenta caiena

Estimula a circulação sanguínea, evitando coágulos que causam infarto e derrame cerebral. Dose: 1 pitada ao dia.

10 – Alho

Ajuda a proteger a aorta, encarregada de distribuir o sangue que o coração bombeia, e ainda consegue reduzir a espessura do sangue. Dose: 2 dentes por dia.

Fonte: médico Leonardo Lessa e nutricionista Luane Magnago