Samarco ainda não pagou pescadores que resgatarem peixes do Rio Doce em Colatina

347

23Pescadores profissionais contratados pela Samarco para resgatar peixes do Rio Doce na operação “Arca de Noé”, ainda não receberam o pagamento. A empresa disse que os pescadores vão receber o dinheiro, mas não informou a data nem local para retirada do pagamento.

A operação, realizada em novembro, foi um plano conjunto entre Ministério Público Federal, Ministério Público Estadual, Justiça, poder público e Associação de Pescadores de Colatina para evitar a morte de peixes no rio. Muitos voluntários participaram do resgate dos peixes, mas a Samarco ofereceu R$ 150 por dia a 32 pescadores profissionais.