Região Norte do Estado volta a sofrer ameaça de racionamento de água

633

11Praticamente todos os municípios da região noroeste do Espírito Santo estão novamente ameaçados pela falta de água. O alerta foi feito esta semana pela Agência estadual de Recursos Hídricos (Agerh), que contabiliza 24 municípios em situação de emergência no Estado, sendo que apenas um deles (Mimoso do Sul) não está nas regiões norte, nordeste e noroeste capixaba.

A situação está mais crítica no município de Ibiraçu, que está na divisa das bacias do rio Doce, Suruaca, Reis Magos e Riacho. A previsão é de que, em 15 dias o município não terá mais água nem parece consumo humano, caso não volte a chover.

Vale lembrar que o verão está terminando e até o momento o volume de chuvas foi quase nulo. Em fevereiro não houve chuva significativa na região e neste mês choveu apenas uma vez, em pequena quantidade.

Segundo o diretor de Planejamento e Gestão Hídrica da Agerh, Antônio de Oliveira Júnior, as resoluções que proíbem o uso de água, durante o dia, por agricultores, indústrias e outros, deverão ser prorrogadas por 90 dias.

“Queremos também manter o estado de alerta para qualquer conflito no uso da água. É preciso que seja feito um acordo de cooperação para que todos possam utilizar a água”, explicou o diretor.

MUNICÍPIOS EM EMERGÊNCIA

  1. AFONSO CLÁUDIO
  2. ÁGUIA BRANCA
  3. ALTO RIO NOVO
  4. ARACRUZ
  5. BARRA DE SÃO FRANCISCO
  6. BAIXO GUANDÚ
  7. BOA ESPERANÇA
  8. ECOPORANGA
  9. GOVERNADOR LINDENBERG
  10. IBIRAÇU
  11. ITAGUAÇU
  12. ITARANA
  13. JAGUARÉ
  14. MANTENÓPOLIS
  15. MARILÂNDIA
  16. MIMOSO DO SUL
  17. MONTANHA
  18. NOVA VENÉCIA
  19. PANCAS
  20. RIO BANANAL
  21. SÃO DOMINGOS DO NORTE
  22. SÃO ROQUE DO CANAÃ
  23. SOORETAMA
  24. VILA PAVÃO