PSD de Vitória aprova andamento do processo de impeachment de Dilma

344

06Pré-candidatos a vereadora e vereador, filiados e simpatizantes do Partido Social Democrático (PSD), se reuniram, na noite do dia, 7 de abril, no auditório da Câmara Municipal de Vitória com o presidente do Diretório Municipal da Capital, deputado estadual Enivaldo dos Anjos e decidiram formalizar um documento em apoio ao processo de impedimento da presidente Dilma Roussef (PT), em andamento na Câmara dos Deputados.

O documento deverá ser enviado nesta sexta-feira, 8 de abril, ao presidente nacional do PSD, ministro Gilberto Kassab e ao presidente da Comissão do Impeachment, deputado Rogério Rosso (PSD/RJ).

A reunião também teve como objetivo debater o programa de governo e outros assuntos pertinentes à campanha eleitoral deste ano, em que Enivaldo dos Anjos será candidato a prefeito de Vitória.

“Por unanimidade, ficou decidido que o PSD de Vitória apoia o andamento do processo, de acordo com os ritos da Casa, ou seja, a decisão de levar, ou não, o processo à decisão do plenário, que será proferida, provavelmente, na próxima segunda-feira, deve ser respeitada”, disse Enivaldo, salientando que o impedimento da presidente só deve acontecer se forem encontradas provas de que ela cometeu crime de responsabilidade.

Dos Anjos esclareceu a todos que o processo, se for aprovado pela Comissão do Impeachment, deverá ser levado ao plenário da Câmara dos Deputados, onde precisa ser aprovado por mais de dois terços dos parlamentares. Se aprovado pelo plenário, o processo segue ainda para o Senado, que terá a palavra final sobre a continuidade do mesmo.

A princípio os participantes da reunião tiveram reações diversas, de apoio ou contra o processo de impeachment. Foi o caso dos pré-candidatos a vereador e vereadora, José Olympio e Thamires Telles.

Ambos defendem a continuidade da presidente no poder até as eleições de 2018, mas concordaram com a maioria em apoiar a condução do processo no Congresso Nacional até o seu desfecho.

Por outro lado, a grande maioria dos participantes apoia o impedimento da presidente, mesmo sem comprovação de crimes de responsabilidade, por entenderem que a saída dela seria o melhor caminho para a retomada da “normalidade” política e econômica em todo o país.

LIDERANÇAS

Além dos simpatizantes e filiados, a reunião desta quinta-feira do Diretório Municipal do PSD de Vitória contou com a presença de lideranças comunitárias como Iracema Silva, do Alto Santa Helena, que pediu apoio do deputado para combater dois problemas que ela considera crônicos na sua região: A mendicância e a sujeira das ruas.

Enivaldo disse para a líder que as duas demandas, infelizmente, dependem quase que exclusivamente da prefeitura e que são duas preocupações suas, que serão incluídas no plano de governo a ser apresentado em julho próximo, durante a convenção que definirá a sua candidatura e a dos vereadores.

NAMY

Quem também marcou presença na reunião foi o presidente da Câmara Municipal de Vitória, vereador Namy Chequer (PCdoB), que está em conversação com o PSD para uma possível coligação proporcional para as eleições de outubro. Chequer saudou o deputado Enivaldo dos Anjos e os demais participantes do encontro e incentivou os pré-candidatos do PSD a trabalharem duro para promover mudanças na composição do próximo mandato legislativo, além de declarar sua simpatia pela pré-candidatura de Enivaldo a prefeito.

NOVA REUNIÃO

Vários pré-candidatos a vereador presentes na reunião puderam se manifestar durante o evento, colocando as demandas de suas regiões e opinião sobre as coligações que deverão ser feitas para a eleição de outubro.

O representante da região da Grande São Pedro/Nova Palestina, Clauder Xuxa, por exemplo, pediu a todos os colegas que se mantenham unidos. “Não somos adversários, somos soldados do PSD e devemos fazer o possível para estarmos sempre próximos uns dos outros”, conclamou.

Na oportunidade ficou definido também que serão feitas reuniões semanais – todas as quintas-feiras – a partir de agora, para afinar as ideias e começar a preparar os pré-candidatos a vereador para o embate eleitoral.

Dos Anjos distribuiu ainda um formulário a todos os participantes, para que eles façam sugestões de temas, obras e serviços que devem ser incluídos no plano de governo dele. “É importante cada um preencher esse formulário e fazer suas anotações para nos nortear na elaboração do plano”, disse Enivaldo.