Promotoria de justiça de Barra de São Francisco “desmonta humilhação” no pavilhão

3497
Material apreendido pelo promotor Luiz Vargas
Material apreendido pelo promotor Luiz Vargas

A Secretaria Municipal de Saúde da prefeitura de Barra de São Francisco, que, muitas pessoas chamam de Pavilhão da Humilhação, “explodiu” de vez na tarde desta terça feira, 28/06/2016, local este aonde as pessoas vinham sendo humilhadas.

Quem conhece o que acontece no pavilhão, não deixam barato e desabafam em redes sociais (facebook): Uma vergonha, ver pessoas se humilhando por coisas que é de direito do cidadão, meu filho fez um exame a duas semanas que estava la desde dezembro, talvez se tivesse puxado saco de alguém ele teria feito em menos tempo, agora para marcar psiquiatra tem gente chegando as 18hs é vergonhoso.

O promotor Luiz Carlos de Vargas, assessores especiais, os vereadores Valézio Armani (PSD), Lula Cozer (PSD) e Zé Valdeci (PT), e a polícia militar, fizeram uma verdadeira limpeza no pavilhão da saúde municipal em Barra de São Francisco.

De acordo com a denúncia de Valézio, vários pedidos de exames estavam armazenados no pavilhão para atender vereadores e pré-candidatos a vereadores ligados à administração municipal.

Segundo consta, os pedidos de exames dão preferência às pessoas que procuram os vereadores aliados do prefeito, bem como os pré-candidatos, deixando sem atendimento quem não recorre a eles.

Durante toda a tarde desta terça-feira, 28, a equipe esteve juntando provas, fotografando e filmando em vídeo e documentando todo o material. Será oferecida denúncia contra todos os vereadores e pré-candidatos identificados pela promotoria de justiça de Barra de São Francisco.

Em um armário, na secretaria municipal de saúde, o promotor encontrou pacotes e mais pacotes cheios de pedidos para liberação de marcação de exames, solicitados pelos vereadores, Tiãozinho da Colina, Jessui da Cesan, Antônio Morais, Carlim da Dengue e Camatinha.

Foram encontrados ainda pelo representante do MP, nomes de pré-candidatos a vereadores Obedes Martins, Reinaldo Neri, Tati, Roque e Adilson Perninha.

Na manhã desta mesma terça-feira, o vereador Valézio Armani tentou filmar o esquema montado no pavilhão para beneficiar pré-candidatos. Segundo o vereador, o ex-vereador Paulo Roberto Valli, conhecido por Pisiu, estava no local e tentou o agredir. A polícia militar foi acionada e confeccionou o Boletim de Ocorrência.

Lamentável isso estar acontecendo, pobres coitados indo para fila de madrugadas e as vagas nas mãos de pessoas pra fazerem politicagem.

Valézio desabafa em rede social (facebook):

Após receber várias denúncias de que estava acontecendo algo errado no pavilhão da saúde em Barra de São de Francisco, funcionários e pré-candidatos pegando pedidos de exames para beneficiar algumas pessoas que as vezes não precisam do beneficio, enquanto centenas de pessoas passam a madrugada e a maior parte do dia para conseguir um exame ou consulta e não encontram.

Fui ao local conferir as reclamações e fui surpreendido pelo ex-vereador Pisiu que me agrediu com palavras e tentou arrancar o meu celular das minhas mãos danificando o mesmo.

Na parte da tarde junto com o promotor Luiz Carlos de Vargas, assessores e os vereadores José Valdeci e Lula Cozer, atuamos em flagrante as denúncias, onde a promotoria encontrou dentro de um armário, centenas de encaminhamentos de exames e consultas dentro de envelopes de vários pré-candidatos.

900 901