Projeto Nascentes: nasce uma ação importante para preservar as fontes de água em Mantena

472

3Um dos projetos mais importantes idealizados nos últimos tempos está sendo realizado em Mantena, concretizando o sonho de muitos cidadãos mantenenses que além de ter uma preocupação com o meio ambiente, pensam no futuro, e no que será do planeta sem água. Assim surgiu o Projeto Nascentes, uma iniciativa de servidores do SAAE de Mantena, em parceria com a Polícia Militar de Meio Ambiente, Prefeitura Municipal, APAM, IEF entre outros seguimentos que serão importantes nesta realização.

A idéia é justamente partir para AÇÃO, implantando uma mentalidade de preservação e proteção do nosso maior bem, a água. Justamente num momento onde as grandes cidades já enfrentam problemas relacionados à falta de água. Seja no Brasil ou a nível mundial, ações aqui em Mantena já saíram do papel. A portaria Nº 028/2014, criada pelo SAAE/Mantena, no dia 20 de novembro de 2014, iniciou esta missão.

O “Projeto NASCENTES”, visa o cadastramento, mapeamento, cercamento, monitoramento, replantio de árvores e a preservação das nascentes situadas em propriedades rurais, principalmente nas cabeceiras (onde se coleta a água bruta para o tratamento e distribuição à população).

O objetivo é a melhoria dos recursos hídricos em benefício de toda a população mantenense. Ficou então definido que o SAAE é o responsável pela coordenação e execução direta do projeto, estabelecendo parceria prioritária com a Polícia Militar de Meio Ambiente em Mantena, para ações conjuntas e permanentes desse projeto.

As ações então iniciaram com a visita a campo e os cadastros sendo abertos, e imediatamente já estão dando resultado. Com a importante ajuda de um produtor rural que reside no córrego do turvinho, o jovem Lindomar, um levantamento primário foi feito com cerca de 54 nascentes primárias sendo cadastradas, apenas no córrego do Turvinho.

Em seguida, um grupo formado por servidores do SAAE, Policiais Militares de meio Ambiente e funcionárias da secretaria municipal de meio ambiente, saíram a campo. Produtores rurais foram visitados, informados sobre o objetivo do projeto e nascentes desprotegidas foram cadastradas (com os registros das coordenadas via GPS).

Em seguida, após marcação e avaliação do terreno, os produtores receberam a madeira e o arame farpado para o cercamento. Alguns produtores participam com a contra-partida da mão de obra, realizando o cercamento das nascentes, já quando não é possível, o projeto viabiliza a conclusão dando também a mão de obra.

Além das coordenadas de cada nascente sendo registrada, elas ainda recebem a medição de vazão, analise da água, e uma placa de identificação, além da geração de um documento onde o proprietário rural se responsabiliza pela manutenção do projeto, isto é, a proteção da nascente.

O projeto Nascentes, que iniciou em Novembro de 2014, já mostra seus resultados, na foto acima percebemos o que era uma das nascentes desprotegida e agora, após o cercamento ( cerca de 5 meses após ser isolada do pisoteio de animais).

O volume de água já melhorou sensivelmente e irá evoluir ainda mais. O exemplo mostra para outros proprietários o que realmente é preservar o meio ambiente e principalmente água, pois afinal de contas propriedade sem água praticamente não tem valor, imaginem toda uma comunidade.

Os desafios não param e não são pequenos, o trabalho é imenso, para se ter uma idéia, das 54 nascentes nesta primeira fase, apenas 20 % foram concluídos, deste o cadastramento, marcações e registro num programa de monitoramento montado em computador. A missão continuará e tem por objetivo ser ampliada alcançando outras regiões sempre com o mesmo objetivo, proteger os mananciais.

Autoridades municipais com o prefeito Dr. Wanderson e o vereador Marcelo, que tem esta preocupação com o meio ambiente visitaram esta semana a primeira nascente cercada pelo projeto e ficaram surpresas com os resultados alcançados tão rapidamente. São ações que mostram sua eficácia desde que trabalhadas com seriedade e compromisso, principalmente envolvendo pessoas e instituições sérias dispostas a realizar as tarefas sem conflitos, mas buscando o bem comum.

1 2