Professora francisquense reencontra Richarlison, Campeão da Copa América em Nova Venécia

1636

Não faltou emoções no jogo beneficente realizado no Estádio Zenor Pedrosa Rocha, em Nova Venécia, neste sábado, 13/07/2019, entre os amigos do jogador da Seleção Brasileira Richarlison.

Um momento marcante foi o reencontro da professora Maria Lucia Marcolino Araújo, a Lucia, que deu aulas para Richarlisson na escola CMEA, Luzia Souza Barros, em Todos os Santos, distrito de Vila Pavão, no ano de 2006.

Ao encontrar Richiarlison no estádio de Nova Venécia, a professora Lucia foi logo perguntando ao jogador se ele lembra dela, e não é que a resposta foi positiva do jogador.

A professora levou o boletim de frequência do jogador na escola para mostrar Ricarlison e ele fez a seguinte pergunta para Lucia: “Eu Passei? ”, a professora então confirmou, que, com ela ele havia passado, ele então deu um sorriso.

A professora Lucia mora no Córrego Barro Preto, em Vila Paulista, interior de Barra de São Francisco.

Fonte: gazetadonorte.com

O jogo

“Porque a humildade é a essência da vida”. Os versos do Mc Andrezinho Shock embalaram, na noite deste sábado, a entrada de Richarlison no estádio Zenor Pedrosa Rocha, em Nova Venécia, Região Noroeste do Espírito Santo.

E, ao som do funk que retrata bem o seu estilo de vida, o atacante capixaba não segurou as lágrimas diante dos 3 mil presentes que foram ao estádio prestigiar o “Amigos do Richarlison”. O jogo beneficente arrecadou pelo menos 6 toneladas de alimentos, que serão doados a famílias carentes da região.

Esta foi a primeira vez que Richarlison esteve em Nova Venécia, sua cidade natal, desde a conquista da Copa América com a Seleção Brasileira. O jogador de 22 anos revelou o que passou pela sua cabeça assim que pisou no gramado.

– Me emocionei porque a gente sabe da dificuldade de o cara sair daqui do Estado e fazer sucesso lá fora. Então a gente chega aqui, vê esse monte de gente torcer… É gratificante demais, fico muito feliz. Me emocionei porque vi a alegria no povo veneciano. Agora é continuar trazendo alegria para esse povo.

Richarlison chegou durante a tarde na cidade e já teve que atender aos fãs assim que desceu do carro. No almoço não foi diferente: fotos atrás de fotos. O atacante mal descansou e já partiu para o estádio.

“Golaaaaaço é incentivar a educação de qualidade”, “É Deus quem aponta a estrela que tem que brilhar” eram as frases de alguns dos inúmeros cartazes espalhados pelo Zenor Pedrosa, que explodiu em festa quando o atacante entrou em campo. Teve fogos de artifício, banda, muita festa e homenagem com a comenda “Domingos Martins”.

Na partida, que reuniu amigos da cidade, o camisa 9 precisou de poucos minutos para balançar as redes uma, duas, três vezes… mas em um lance da partida, a bola acabou acertando uma criança na arquibancada.

Em um ato de humildade, o jogador parou o jogo para acompanhar o atendimento na ambulância. Felizmente foi só um susto. Ao fim dos 90 minutos, como era de se esperar, Richarlison deitou e rolou, fez 5 gols, deu assistências e seu time venceu por 10 a 1.

Por Marcella Scaramella, de A Gazeta