Preso terceiro suspeito de participar de assassinato de secretário de São Mateus

891
Daniel-esquerda-e-Fábio-foram-flagrados-com-o-carro-do-secretário-e-levados-para-a-delegacia.
Daniel-esquerda-e-Fábio-foram-flagrados-com-o-carro-do-secretário-e-levados-para-a-delegacia

A polícia prendeu um terceiro suspeito de participar do assassinato do secretário de Meio Ambiente de São Mateus Antenor Malverdi Filho, de 55 anos, encontrado morto na tarde deste domingo (06) em Nova Venécia, no norte do Estado. Tiago Kapiche, de 19 anos, foi detido ainda no domingo, após os dois comparsas dele terem confessado o crime à polícia.

De acordo com o delegado Líbero Penello, da Delegacia de Nova Venécia, Tiago foi quem asfixiou Antenor até a morte, utilizando um cinto. Além dele, teriam participado do assassinato Fábio Rocha Ferreira, de 21 anos, e Daniel Ahnert, de 18. Os dois Já haviam sido presos na noite de sábado (05/12), com o carro do secretário – um Chevrolet Onix.

Tiago-Kapiche-é-acusado-de-ter-estrangulado-o-secretário-até-a-morte-utilizando-um-cinto
Tiago-Kapiche-é-acusado-de-ter-estrangulado-o-secretário-até-a-morte-utilizando-um-cinto

Segundo Penello, Tiago foi preso durante as investigações e negou o crime. No entanto, o delegado afirmou que o depoimento de Fábio e Daniel não deixam dúvidas da participação de Tiago no crime, ocorrido na noite de sexta-feira (04).

De acordo com as investigações, os suspeitos já conheciam a vítima e tomaram cerveja com ela, em um bar de Nova Venécia, pouco antes do assassinato. Momentos depois, em uma rua isolada, eles agrediram o secretário e o estrangularam até a morte. Em seguida, levaram o corpo até a zona rural do município, em uma região com pouco movimento, onde o enterraram.

Os três acusados foram autuados por latrocínio – roubo com morte -, ocultação de cadáver e corrupção de menor, já que um adolescente foi encontrado junto de Daniel e Fábio com o carro roubado. Os suspeitos foram encaminhados para o Centro de Detenção Provisória (CDP) de São Domingos do Norte. De acordo com Líbero Penello, a Justiça converteu o flagrante do trio para prisão preventiva.

Roubo

Ainda segundo o delegado, o assassinato do secretário foi premeditado e a intenção dos criminosos era roubar o carro e o dinheiro da vítima. Fábio e Daniel foram os primeiros a serem detidos.

“Eles pretendiam trocar o veículo por outro em Ecoporanga, onde conheciam pessoas que mexiam com carros. Os suspeitos chegaram a trocar o carro por um Gol. O proprietário do veículo estranhou o negócio e comunicou o fato à Polícia Militar. Pouco depois, os dois retornaram para desfazer o negócio e foram presos em flagrante, já que a polícia descobriu que o carro que eles usaram no negócio era do secretário”, afirmou.

Fábio e Daniel foram detidos junto com um adolescente de 16 anos, que chegou a ser conduzido para a delegacia, mas foi reintegrado à família, já que a polícia considerou que ele não teve participação no assassinato do secretário e nem sabia da procedência do veículo.

Durante depoimento à polícia de Barra de São Francisco, Daniel e Fábio acabaram confessando o assassinato de Antenor Malverdi. De acordo com o delegado Tarsis Morais Gondim, que estava no plantão da unidade policial no momento da prisão, Fábio foi quem levou os policiais até o local onde o corpo do secretário estava enterrado.

Antenor Malverdi Filho, também conhecido como “Lolozinho”, foi velado na manhã desta segunda feira. O enterro aconteceu durante a tarde. O secretário deixa mulher, dois filhos e um neto.