Prefeitura não quer festas, mesmo particulares, em Barra de São Francisco

1362

Quem insistir, vai ser multado e denunciado ao Ministério Público. Quase 5% da população já foi infectada pela Covid-19

Esta festa de reinauguração de Bar no Córrego do Itá foi cancelada a pedido da Prefeitura

Atendendo a recomendação da Vigilância Sanitária Municipal, o prefeito Enivaldo dos Anjos (PSD) determinou à sua equipe que monitore festas programadas para o município de Barra de São Francisco, mesmo particulares, notifique os responsáveis para que as cancele e disse que, se houver insistência, haverá multa e ação de responsabilização junto ao Ministério Público Estadual.

Uma festa de reinauguração de um bar, programada para o Córrego do Itá, que estava programada para este sábado, já foi cancelada e fiscais municipais estão monitorando redes sociais para identificar eventos que estejam sendo promovidos para notificar os responsáveis para cancelar.

“Estamos em meio a uma pandemia, todas as autoridades públicas trabalhando incansavelmente para conter a propagação do vírus e temos que ter responsabilidade. No município, já orientei a Secretaria de Segurança e Defesa Social e outros agentes municipais para monitorarem e notificarem, caso ocorram eventos. Temos 53 mortes por Covid no município, quase duas mil pessoas já testaram positivo e mais de 2.500 casos suspeitos. Os profissionais de saúde cansados, hospitais lotados. Vamos ter a vida inteira para festejar, depois que tiver vacina e a pandemia for controlada. Agora, não”, disse o prefeito.

Quase 5% da população de Barra de São Francisco já foi infectada pelo novo coronavirus, de acordo com o mapa mais recente da pandemia no município, mas quase 6% estão em isolamento por suspeita de contaminação. “Qualquer descuido, desanda. Não vamos usar a força para impedir festa, a responsabilidade é do cidadão. Mas vamos monitorar, identificar os responsáveis, multar e denunciar ao Ministério Público”, acrescentou Enivaldo.