Prefeitura de Barra de São Francisco não se move para resolver problema de falta d’água

3516

80Devido ao racionamento de água em de Barra de São Francisco a CESAN tem sido muito criticada pelo fato de não ter ao longo dos anos construído um novo reservatório de água na cidade. Mesmo constatando o descaso da CESAN não há como isentar o município de responsabilidade.

Em 04 de julho desse ano foi elaborado pelo vereador Juvenal Calixto Filho com o apoio de outros vereadores, um ante-projeto de lei que foi encaminhado ao prefeito no qual ficava autorizado ao Chefe do Poder Executivo Municipal a decretar área prioritária para fins de preservação de recursos hídricos a bacia do Rio Itaúnas. Passados mais de sessenta dias o prefeito ainda não encaminhou o projeto à Câmara.

Esse projeto é importante para que o Governo estadual possa em parceria com o município adotar diversas ações com vistas a aumentar a produção, captação e armazenagem de água, sendo que uma das medidas que se pretende fazer é a construção de uma nova represa. Como o município não cria uma legislação para esta finalidade o estado está impedido de implementar suas ações.

O ante-projeto elaborado pela Câmara é datado de 04 de julho de 2016, e encaminhado ao Prefeito Municipal através do protocolo central da prefeitura na data de 07 de julho sob o numero 0007208.

O Poder Executivo Municipal não se mexe nem para aprovar uma lei que daria suporte na busca de recursos e possibilitar ao Estado agir para ajudar a população. Resolver esse problema tão grave é dever do estado e também do município.