Prefeitura de Barra de São Francisco incentiva e apoia construção de barraginhas

437

Uma equipe da Secretaria de Agricultura e Meio Ambiente da prefeitura de Barra de São Francisco, estão acompanhando a construção de barraginha, através do Instituto Terra com maquinários na localidade no Córrego Santa Angeliza. Na propriedade de Luiz Carlos Marin,

“A finalidade das barraginhas através do Instituto Terra é promover a capitação e o aproveitamento de águas da chuva. O prefeito Enivaldo dos Anjos apoia e incentiva”, disse Wander Onofre, Secretário de Agricultura francissquense.

“Esse projeto é muito importante para os produtores rurais que já fizeram várias barraginhas e estamos dando todo apoio para que a produção aumente muito mais. O prefeito Enivaldo dos Anjos (PSD), apoia o projeto para atender os produtores rurais do município”, disse a Secretária de Meio Ambiente Lislei Batista.

A engenheira Dilamara, representando o Instituído Terra, disse que esse projeto barraginha vem sendo trabalhado desde o ano passado, e que no Córrego do Itá já foi executado cerca de 130 barraginhas e agora no Córrego Santa Angélica foram feitos 13 barraginhas, mas a meta é a de chegar a 100 barrageginhas.

Na propriedade de Luiz Carlos Marin, já foram executados 5 barrageginhas, foi projetada para fazer esse barramento. Luiz Carlos Marin é presidente da comunidade do Córrego Santa Angélica, Itazinho e Lage.

“Temos mais de 100 sócios nas nossas associações, e aproveito para agradecer ao prefeito Enivaldo dos Anjos e aos demais secretários e trabalhadores pela escolha do projeto de capacitação de água, em minha propriedade”, disse Luiz Carlos Marin.

Barraginhas – água de chuva para todos

Nas últimas quatro décadas, com o desmatamento acelerado no Brasil, imensas áreas de lavoura e pastagens foram introduzidas sem os devidos cuidados com a conservação do solo e com a reposição de nutrientes.

A compactação dos solos e a redução da infiltração da água das chuvas resultaram em degradação ambiental. A partir dessa realidade, a Embrapa Milho e Sorgo (MG) criou o Projeto Barraginhas, um sistema de miniaçudes, que consiste no acúmulo das águas das chuvas, contribuindo com a infiltração no solo, recarregando o lençol freático.

Os mananciais serão abastecidos e por sua vez manterão as nascentes, cacimbas e córregos.