Prefeitura de Barra de São Francisco é a única culpada pela destruição do prédio do CAPS

504
SONY DSC
SONY DSC

“O Centro de Atenção Psicossocial de Barra de São Francisco (CAPS), também conhecido como centro de recuperação de drogados, foi construído pelo Governo do Estado para ser administrado pelo município. Portanto, o único responsável pelo funcionamento do órgão é a Prefeitura”.

A informação é do gerente de Planejamento e Desenvolvimento Institucional da Secretaria de Estado da Saúde, Francisco José Dias da Silva, que respondeu nesta quinta feira, 03/12/2015, ao vereador Jessui da Cesan, sobre a situação do CAPS no município.

Jessui disse ao gerente que o Estado construiu o prédio do CAPS no município e depois o abandonou e por isso o prédio hoje está totalmente depredado e sem condições de funcionamento. Ele deu a entender que a responsabilidade seria do Estado e não do município, mas o gerente da Sesa foi enfático em dizer que o Estado constrói o CAPS nos municípios a pedido das prefeituras e elas ficam cientes desde o primeiro momento, de que aquela entidade deverá ser gerida e mantida pela prefeitura.

“Hoje temos cerca de 10 a 12 CAPS construídos pelo Estado para os municípios e apenas um ou dois deles não funciona. É o caso do CAPS de Barra de São Francisco”, salientou.

Existe, inclusive uma denúncia no Ministério Público de Barra de São Francisco que apura responsabilidade sobre o abandono do CAPS.