Prefeitura de Barra de São Francisco deixa obra paralisada no centro da cidade e o povo desce o porrete

855

IMG-20150530-WA0006Os moradores que residem e até os que não residem na Rua Vereador Alaci Costa, no centro de Barra de São Francisco estão revoltados com o prefeito pelo abandono e o descaso total para com todos que residem no referido local.

De acordo com os moradores a situação é terrível e ninguém estão trabalhando nas obras a quase um mês, pois a mesma está paralisada e para piorar a situação o transito que havia sido fechado com uma rede de proteção está livre, passando carros, motos e caminhão livremente ao dia e anoite.

“A poeira está insuportável em nossa rua e com isso todos estão sofrendo as consequências por causa da irresponsabilidade da prefeitura, principalmente as crianças com doenças decorrentes da poeira como rinite alérgicas, bronquites, entre outras”, desabafa uma moradora.

“Já liguei para a prefeitura, mas disseram que iriam ligar para a empresa responsável pela execução da obra para fechar a rua e até hoje nada foi feito, estamos abandonados, esquecidos e sendo humilhados e o prefeito se quer teve a coragem de andar por aqui e ver a vergonha de nossa rua”, reclama um outro morador.

Nossa rua está uma bagunça e a prefeitura está mais bagunçada ainda, eles não têm responsabilidade com nada e muito menos com o nosso município”, detona um estudante.

“O prefeito já desmoralizou nosso município por completo nesses dois anos e cinco meses, ninguém acredita mais no que ele fala e ainda tem coragem de ir para uma rádio da cidade mentindo para os ouvintes, precisa dar um basta nisso, chega de lorota”, comentou um aposentado.

A situação é grave, mas o prefeito, sua equipe e muito menos vereadores aparecem por aqui para nos ajudar. Queremos uma ação por parte do Ministério Público, isso é vergonhoso para esta administração porca e imunda, inclusive, as caixas que fizeram estão lotadas de larvas de mosquitos diversos e pernilongos devido a isso. ninguém da explicação de nada sobre a obra paralisada”, encerra um comerciante.

IMG-20150530-WA0001 IMG-20150530-WA0002 IMG-20150530-WA0003 IMG-20150530-WA0004 IMG-20150530-WA0005 IMG-20150530-WA0006 IMG-20150530-WA0007