Prefeito não paga aposentados, realiza festa milionária e se diverte comendo lagosta

3584
Prefeito e amigos saboreando uma lagosta na área de festa
Prefeito e amigos saboreando uma lagosta na área de festa

Onde está a consciência de um administrador que deixa de efetuar o pagamento de aposentados para juntar dinheiro para pagar artistas que vieram para uma festa, num momento totalmente impróprio?

Foi isso que ocorreu em Barra de São Francisco/ES, que mesmo vivendo a pior crise hídrica de sua história, ganhou uma festa de comemoração dos 72 anos de emancipação política e administrativa.

O prefeito da cidade, para massagear o próprio ego, catou os últimos centavos da Previdência Municipal, os recursos de pagar o 13ª salário e férias daqueles que fazem jus a tais benefícios neste mês, juntou tudo e pagou cantores que vieram à cidade para fazer uma hora e pouco de show e levar todo o dinheiro.

Ao que tudo indica, o atual prefeito deve achar que aposentados não comem, não tomam remédios, não têm compromissos a cumprir e nem precisam dos proventos para sobreviver.

Essas festas milionárias não trazem nenhum benefício para o Município, haja vista que o dinheiro pago aos cantores vai ser gasto em outros locais, retirando divisas do Município.

A mixaria que os comerciantes ambulantes ganham vendendo durante a realização da festa não é nada em comparação aos recursos que deixam de circular na cidade depois que os cantores vão embora levando o dinheiro.

O pior é que depois de fazer a festa milionária, o prefeito enviou um decreto de calamidade pública para ser apreciado pela Câmara Municipal nesta segunda-feira. Além do prefeito não ter pago os aposentados, ele realizou festa milionária e se divertiu comendo lagosta com amigos mais chegados na área onde foi realizado a festa.

De acordo ainda com publicação no Diário Oficial desta segunda feira, 05/10/2015, o município de Barra de São Francisco gastou ainda os seguintes valores para a realização da festa de 72 anos;

01 – Na área onde foi realizada a festa o valor pago foi de R$ 65 mil reais.

02 – Empresa para dar segurança no período de festa foi de R$ 26 mil reais.

03 – Palco, banheiros químicos e camarim R$ 74 mil reais.

04 – Sonorização, iluminação e montagem de geradores R$ 76 mil e 200 reais.

05 – Outros valores artísticos – R$ 593, 900,00.

06 – Total gasto de acordo com publicações R$ 835. 100,00.

É bem provável que novos valores poderão surgir no decorrer da semana e possivelmente aumentar ainda mais o valor exato gasto com a festa da cidade.

20151005_142802 IMG-20151001-WA0007