Prefeito Enivaldo dos Anjos fala em emissora de rádio da renúncia da diretoria da Apae e de como quer ajudar

495

O prefeito de Barra de São Francisco, Enivaldo dos Anjos (PSD) esteve na tarde de quarta-feira (24), se reunindo com vereadores, secretários municipais, lideranças e representantes de organizações no município.

O encontro aconteceu nas dependências da Câmara Municipal quando por volta das 16h30min, teve inicio a explanação do chefe do Poder Executivo, o qual, munido de uma correspondência a ele encaminhada pela diretoria da Apae local, comunicava-lhe sobre a renúncia coletiva à frente daquela instituição.

De acordo com o prefeito Enivaldo, a diretoria já havia lhe comunicado sobre o fato relacionado aos repasses oriundos da Prefeitura para com a Apae e que em encontros recentes entre os representantes da direção com o secretário de Administração, Elcimar Souza Alves, vários aspectos sobre o assunto haviam sido abordados.

Grande parte dos vereadores estiveram presentes e firmaram apoio para a solução do impasse, fazendo parte da mesa de trabalhos, o presidente da Câmara Municipal vereador Lemão Vitorino, Emerson Lima líder do Executivo, Elivan do Vargem Alegre, Lula Cozer, Jadeir Brum, Higor Soares, Fernando Carabina, Sargento Farias e Borrinha Neri.

Segundo justificativa, Enivaldo afirmou que em resposta a solicitação da direção da Apae, pleiteando R$ 50 mil/mês e que em contraproposta foi oferecido R$ 20 mil/mês, valor este para custeio e possível pagamento de funcionários, destacou que estava solicitando ao Tribunal de Contas do ES informações sobre a forma legal de se fazer o repasse, bem como o de remunerar prestadores de serviço na entidade.

Ele lamentou que a situação tenha sido apresentada desta forma e sugeriu que a direção demitida, reveja seu posicionamento, no sentido de que aguarde pelo menos mais um pouco, para que sejam avaliados os índices de arrecadação municipal.

“Nós na Prefeitura queremos prestar um bom serviço para a população, mas precisamos ver sempre a parte legal, a possibilidade de se manter os apoios e administrar o município da melhor forma”, disse ele.

Ainda sobre o assunto, Enivaldo garantiu que não ficarão as crianças e os assistidos pela Apae, desamparados caso a diretoria demitida não resolva rever a sua renúncia.

“Nós vamos cuidar sim das pessoas que precisam de apoio e amparo, a exemplo do que estamos fazendo com os idosos, que estão na Escola Família Agrícola de forma improvisada, mas que já temos local para junto com o proprietário, construirmos um espaço adequado para acolher a terceira idade”, destacou.

Entrevista na Clube FM

Em entrevista para a rádio Clube FM 103,9 MHZ no programa Clube da Manhã, comandado pelo radialista Carlos Madureira, o prefeito francisquense disse nesta manhã de quinta-feira (25), que conseguiu que as dependências da antiga faculdade estabelecida no bairro Nova Barra, seja ocupada pela Prefeitura, com aluguel simbólico de R$ 500,00 para ocupação de 12 salas.

De forma visionária vislumbrou a possibilidade de reinaugurar a Praça Municipal, a municipalização do trânsito e desenvolvimento de ações no combate a pandemia do coronavírus.

Sobre a Covid-19, exemplificou que não adotará medidas radicais como o lockdown implantado em cidades da Bahia e São Paulo, quando as pessoas foram impedidas de ir e vir, ação desenvolvida pelos prefeitos de diversos centros do país.

Ainda assim, mostrou confiança na vacinação e que ainda ele Enivaldo, não havia ainda sido imunizado e que aguardava sua vez, para poder depois, se avistar com as pessoas.

Ao final da entrevista, reafirmou o compromisso de pagamentos em dia ao funcionalismo e que espera poder antecipar para o dia 20 poder remunerar não só os efetivos, mas os aposentados e pensionistas.

Apae de Barra de São Francisco

A Apae de Barra de São Francisco foi fundada por assembleia realizada em 04 de março de 1978. Reconhecida como de Utilidades Públicas: Federal, Estadual e Municipal, com registros na Federação Nacional das Apaes, Conselho Nacional de Assistência Social, Secretaria de Estado da Justiça e Cidadania, Conselho Estadual de Educação, Conselhos Estadual e Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente, possui também o Certificado de Entidade de Fins Filantrópicos.

A instituição Apae tem como objetivo, promover a melhoria da qualidade de vida das pessoas com deficiência, buscando assegurar-lhes o pleno exercício da cidadania.

Conta com uma equipe técnica composta de Assistente Social, Cuidadores, Coordenador Administrativo, Diretor pedagógico, Fisioterapeuta, Pedagogo, Psicólogo, Professores habilitados em Educação Especial, entre outros profissionais para o atendimento especializado a mais de 200 pessoas com deficiência intelectual e múltipla e suas famílias nas áreas social, psicológica, fisioterápica, fonoaudióloga, artes, informática e educacional.

O que são as Apaes

As Apaes são organizações não governamentais, sem fins lucrativos, que trabalham para que as pessoas com deficiência intelectual e suas famílias vivam com melhor qualidade de vida e felizes.

As Apaes são instituições de assistência social que oferecem serviços nas áreas de educação, saúde e assistência socia, contando, em muitos casos, com a parceria do Poder Público. Nossos métodos sustentáveis nos permitem continuar a fornecer um serviço especializado e de alta qualidade para todos que precisam, independentemente da idade e da classe social.

APAE de Barra de São Francisco

Rua Vereador Tito Valdemar Vieira, 550 – bairro do Bambé – Barra de São Francisco/ES

Lockdown em português significa fechamento, confinamento. É caracterizado pelo bloqueio total das entradas de determinada região. A medida pode ser adotada em âmbito municipal, estadual ou nacional.

Fonte: ASCOMCMBSF