Pré-candidato a vereador de Mantena, Robledo Mutz, fala sobre participação dos jovens na política

2341
Robledo é pré-candidato a vereador em Mantena
Robledo é pré-candidato a vereador em Mantena

Não é preciso ir muito longe para saber o que os jovens querem atualmente da política. DISTÂNCIA! Conversando com um grupo de amigos, cheguei à conclusão que o distanciamento da juventude não se deve ao fato de não terem senso crítico, mas sim aos maus exemplos que alguns políticos cotidianamente nos transmitem.

Atualmente inúmeros casos de corrupção, diversos escândalos políticos, bem como uma enorme falta de ética. Isto faz com que os jovens não tenham confiança e, pior ainda, não lhes permite entender que para haver uma mudança significativa neste quadro é fundamental a nossa participação no exercício da cidadania. É realmente triste perceber que no Brasil, ainda é muito pequena a participação dos jovens em debates relacionados à política.
Sou defensor de uma política pública voltada para a juventude e que ofereça respostas às diversas necessidades que os jovens possuem, melhorando assim a qualidade de vida e favorecendo ao máximo a participação de nós jovens nas decisões políticas do nosso município e do nosso país.

Outro erro cometido pelos políticos é tratar a juventude como se fosse um conjunto único, as necessidades dos jovens devem ser observadas de acordo com o local onde vivem, o sexo que possuem a faixa etária, para assim saber os problemas e necessidades de cada grupo.

É claro que alguns problemas são os mesmos de toda a população, como por exemplo: educação, saúde e emprego. Porém, merecemos atenção especial em alguns aspectos como a entrada no mercado de trabalho.

Os jovens precisam ter acesso a cursos profissionalizantes e à educação de nível superior. Já está na hora de mudar este quadro, tanto no executivo como legislativo trazer para Mantena cursos superiores, com mensalidades acessíveis em parceria com alguma instituição de ensino.

Se houvesse cursos superiores em nossa cidade, haveria também economia no transporte de alunos, e com essa economia daria para implantar na cidade vários cursos de nível superior subsidiados pela prefeitura.

Vou usar como exemplo a cidade de Dois Córregos, que através de uma parceria com a Anhanguera/Uniderp, realiza cursos na área de marketing, recursos humanos, pedagogia e administração de empresas, a um custo para cada aluno no valor de apenas R$ 60,00. Porque não fazer esta parceria em nosso município?
Diante de todas estas dificuldades e conquistas que ainda poderemos alcançar, nós jovens não podemos se omitir da política. Devemos acreditar, participar, lutar e confiar na força que temos, e exigir de nossos representantes que façam alguma coisa de melhor para nós que residimos no interior, pois a nossa força é um instrumento de transformação.

Nos próximos meses vai começar a campanha e as , mensagens de cada partido e candidato as próximas eleições, e o que muito me intriga é que alguns partidos passam a informação de que somente “eles” defendem “certas causas”, como por exemplo, as questões do meio ambiente, saúde, infra-estrutura, segurança, fim do tráfico entre outros.

Conversando com uma amiga percebi que ela tinha a idéia de que somente um determinado partido político defende as causas do meio ambiente, e na verdade a preservação do meio ambiente é um dever de todos.

O que a natureza precisa é de governantes idealistas comprometidos com as atuais e principalmente com as futuras gerações. Governo Federal, Estadual e Municipal, cidadãos, todos juntos defendendo ações ambientais concretas e efetivas.

Chega de conversas, precisamos de resultados em todos os seguimentos.
Por estes e outros motivos eu acredito que a inclusão do jovem na política seja um fator muito importante. Só assim conseguiremos renovar os quadros, que aí estão, trazer novas idéias e construir JUNTOS, um futuro melhor para o nosso município e consequentemente para os jovens de todo o Brasil.

Muitos jovens sonham em mudar o mundo, alguns já arregaçaram as mangas e estão empenhados em tornar este sonho realidade, mas o sonho só se tornará realidade quando ocuparmos o nosso espaço na política.

É o que eu sempre digo se os Bons não ocuparem sem espaço, os ruins tomam conta. Vamos fazer e ser diferença, sou Pré-Candidato a Vereador nas eleições municipais este ano.