Policiais do 11º BPM recuperara bomba hidráulica e apreende mais dois por furtos em Barra de São Francisco

653

Policiais do 11º BPM de Barra de São Francisco, recuperaram uma bomba hidráulica na última quarta-feira (19), furtada na região do distrito de Paulista,

A bomba foi encontrada por um proprietário rural que acionou a PM após ter visto dois indivíduos em uma motocicleta rodando perto de sua propriedade.

Ao andar em suas terras, o produtor rural encontrou a bomba hidráulica abandonada no meio do mato. A PM fez o recolhimento da mesma e levou para a 14ª Delegacia Regional de Polícia Civil de Barra de São Francisco, onde em contato com um policial civil este relatou que havia uma queixa de furto de uma bomba hidráulica registrada nesta data.

Antes da ocorrência relacionada à bomba, que seria utilizada em irrigação, policiais da sede do município tiveram que usar a força para conter um larápio que havia roubado uma vara de pescar, em um estabelecimento comercial no bairro Irmãos Fernandes.

De acordo com o relato policial, por volta das 16h30, após receberem informações de que um indivíduo adentrou um comércio situado na avenida Jones dos Santos Neves, no bairro Irmãos Fernandes, e entrado em luta corporal com o proprietário do estabelecimento e fugido levando uma vara de pescar, policiais, de posse das características e trajes do suspeito realizaram patrulhamento nas imediações e avistaram o indivíduo em frente ao Supermercado Casa do Cloro, onde o mesmo foi detido com uso de força, por ele ter resistido à prisão.

Ainda nesta quarta-feira, 19, por volta das às 21h20, a PM, após receber denúncia de que um indivíduo estaria invadindo uma construção próxima ao Supermercado Pansini, se deslocou ao local e verificou um suspeito tentando se esconder quando avistou os policiais.

Com ele os policiais encontraram uma sacola com cerca de 50 metros de fio de cobre que estavam sendo retirados da edificação em construção. 

“Entre o primeiro e terceiro caso existe uma similaridade quanto aos autores, pois são jovens, um tem 23 anos e 11 ocorrências de natureza criminal registradas em que aparece como acusado, suspeito e investigado, de furto, roubo, ameaça, vias de fato, lesão corporal e tentativa de homicídio por arma de fogo, e o outro tem 26 anos e seis ocorrências de natureza criminal registradas em que aparece como acusado, suspeito e investigado, também por furto, roubo, uso de dinheiro falso e posse de maconha”, relata o comandante da 1ª CIA do 11º BPM, capitão Vitor Prates.