Policiais de Barra de São Francisco prenderam fugitivo no interior de São Gabriel da Palha

536

091Após receber informações de que um fugitivo do CDP de Viana II, estava escondido no interior de São Gabriel da Palha, integrantes do Grupo de Apoio Operacional do 11º BPM, na noite de quinta-feira, 19 de março, foram até a localidade e após comprovar a veracidade dos fatos, fizeram o cerco na residência, porém Renato Araújo Pinto, 33 anos, conseguiu fugir e pulou em uma cachoeira, foi perseguido e os militares conseguiram fazer a prisão e Renato foi conduzido para a 14ª DPJ.

Na residência onde o acusado estava a polícia militar encontrou uma pistola de pressão que foi adaptada por Renato para disparar com munição calibre 22.

Na delegacia de polícia Renato informou que fugiu de Viana II no dia 11 de março e que está jurado de morte, pois tirou a vida de uma pessoa que tinha envolvimento com tráfico de entorpecentes.

Como foi a fuga

Após uma consulta médica no Hospital São Lucas, em Vitória, ao qual ele se queixava de dores na perna, nos ombros e sentia ânsia de vômito. O preso passou pela classificação sem algemas, acompanhado de dois agentes penitenciários.

Depois que ele foi atendido e medicado, um dos agentes seguiu em direção à viatura. O outro acompanhante ficou de sair com o preso, porém, precisou voltar para entregar uma folha de alta médica.

Neste momento, o acusado aproveitou que ficou sozinho saiu correndo. Consta que os agentes chegaram a efetuar disparos de arma de fogo objetivando detê-lo, porém sem êxito.

Após a fuga o acusado seguiu para o município de São Gabriel da Palha, vindo a morar com a esposa e quatro filhos, na propriedade de parentes localizada no Assentamento 14 de maio, onde foi preso pelos Militares do 2º BPM.

De acordo com o B.O, durante a abordagem o acusado tentou fugir, pulando dentro de uma represa, mas não obteve sucesso, sendo detido pelos Militares que haviam cercado toda área.

Na casa, os Militares encontraram uma arma de fogo adulterada, cabo verde, carregada com uma munição calibre .22, e 04 munições do mesmo calibre e a quantia de R$1.350,00, disse o Comandante.

O acusado foi conduzido ao DPJ de Barra de São Francisco, com os materiais apreendidos e é acusado de homicídio, tráfico de drogas, porte ilegal de arma de fogo, vias fatos e roubo.