Policiais de Barra de São Francisco “derrubam” mais um ponto de venda de drogas

445

IMG-20160202-WA0003A polícia militar do 11º BPM de Barra de São Francisco estão monitorando vários pontos de venda de drogas em bairros, centro, distritos, entre outros. Na tarde desta terça feira, 02/02/2016, por exemplo, um desses locais de ponto de venda foi palco para a prisão de duas pessoas.

Os policiais já vinham monitorando o local, que é o bairro Vila Luciene. Militares receberam ligações de moradores dando a informação sobre a venda de drogas, sendo que os supostos comercializadores seriam Reginaldo Rodrigues do Santos e o F. M.

O monitoramento estava sendo feito por policiais, sendo que a casa de Reginaldo era uma delas. Por volta da 16h30min, desta terça feira, uma pessoa foi flagrada adquirindo a droga, e foi neste exato momento em que os policiais entraram em ação.

A pessoa que possivelmente estava negociando a compra de drogas com Reginaldo, caiu no capinado sem deixar pista com a chegada da polícia, mas deixou um papelote de droga caída no chão. Após a fuga de um dos compradores, Reginaldo acabou confessando que tinha mais em sua casa, e foi aí que os policiais conseguiram apreender algumas pedras de droga, e R$ 30 reais em dinheiro.

Reginaldo disse que estava vendendo a droga para uma pessoa conhecida por “Pinche”. Parte das drogas e do dinheiro estaria ficando com um menor, disse Reginaldo aos policiais. Pinche é muito conhecido da polícia, por ser acusado de chefiar a venda de drogas no bairro Vila Luciene.

Ao chegar na casa de Pinche, os policiais receberam a notícia de ele havia caído fora e levado com ele parte da droga. Foi encontrada ainda no quintal da casa do menor de idade uma moto placa HGQ 9828, e que, segundo a polícia, o chassi não conferia com a placa, mas ao consultar no sistema, verificou-se que a verdadeira placa da moto era MPL 3114, e que a mesma não tinha restrição de furto/roubo.

Foi detectado também que o veículo estava sem o lacre da placa. Todos foram conduzidos para a delegacia de polícia. Atuaram nesta diligência, os militares, Tonini, Demétrio, Roriz e Firmino.

IMG-20160202-WA0004 IMG-20160202-WA0006 IMG-20160202-WA0008