Polícia Militar prende homem que matou vizinho a facadas em Central de Minas

601

Um homicídio aconteceu nesta sexta feira, (17/01/2020), por volta das 19 horas, no centro de Central de Minas, tendo como vítima Aguinaldo Domingos da Silva, 31 anos. Ele foi morto com uma facada. O suspeito foi detido pela polícia militar.

Quando a polícia chegou ao local deparou com o corpo de Aguinaldo caído ao solo já sem os sinais vitais, as testemunhas relataram que viram a confusão de longe e pensaram que estavam brigando, contudo ao chegarem perto viram que havia sangue na vítima e o autor correndo morro acima.

A perícia técnica compareceu ao local recolheu a arma utilizada no crime de dentro da traqueia da vítima, possivelmente sendo o golpe que levou a vítima ao óbito. O corpo da vítima foi encaminhado para o IML de Governador Valadares.

A Polícia Militar iniciou um rastreamento com intuito de prender o autor fazendo um contato com sua esposa que informou que seu marido estava com o telefone celular. Depois de entrar em contato iniciou-se uma conversação e após muito tempo o autor informou que estava no distrito de Floresta.

Depois de garantir ao autor que ele e sua família (esposa e filhos) teriam total segurança quanto a possível represália por parte de parentes e outros.

O autor decidiu que iria se entregar espontaneamente informando que estava na residência de uns amigos quando a Polícia Militar chegou próximo à residência, o autor já foi saindo para fora com as mãos para cima se entregando.

Versão do autor do crime

 “depois que chegou do serviço foi até o boteco da Aparecida e comprou um  juninho de pinga  e desceu para sua casa, ocasião que a vítima chegou e pediu um tira gosto  tendo o autor pegado o tira gosto  e servido a vítima, que percebeu que  a vítima estava  armada com uma faca de serra na cintura, que em dado momento enquanto o autor picava o tira gosto virou para trás e viu a vítima Aguinaldo com a faca em punho vindo em sua direção, tendo o autor do crime em ato continuo acertando um golpe de faca no pescoço de Aguinaldo e logo após  saiu correndo do local e dispensou a faca usada  no crime em uma rua sem calçamento”, finalizando.

Fonte: mantenaonline