Policia Militar e Civil prendem quadrilha que agia em Mantena e região

814

31Uma mega operação da Policia Militar e da Policia Civil, foi realizada por volta das 6 horas da manhã, desta quarta-feira, 17 de junho, no bairro São Bernardo em Mantena. A operação logrou êxito ao efetuar a prisão de 3 suspeitos, sendo que 1 foi liberado após ser ouvido, envolvidos numa quadrilha que agia na região.

De acordo com informações da Policia Militar e Civil, após um trabalho sério de investigação e denúncias, foi expedido mandato de busca e apreensão na casa dos suspeitos. Dois dos suspeitos, já cumprem pena no Semi-aberto no Presídio de Mantena, e logo quando saíram do presídio foram abordados pela PC e levados para a delegacia. O outro trabalha numa empresa em Mantena. Um deles foi liberado após prestar depoimentos.

Na casa de um deles Jeovane Rocha, foram encontradas vários produtos roubados, além de 4 armas de fogo, 1 simulacro de revólver, binóculo, tv, dvs, receptores de SKY, miniaturas de motos, X-BOX, relógios, perfume, aeromodelo de helicóptero, óculos, bonés, cpu de computador, sendo que a maioria desses produtos é oriundo de furto em Barra de São Francisco.

Na casa também foi encontrada uma garrucha e um casaco preto de capuz, usado no furto do Posto Terra Boa, onde o autor é de BSF e está preso.

A quadrilha agia na região, em furtos e arrombamentos, e assaltos a mão armada. Um dos presos participou no assalto que ocorreu em São Félix de Minas e seu irmão no roubo em Divino das Laranjeiras, onde trocou tiros com a PM.

Um excelente trabalho em conjunto da Polícia Militar e Polícia Civil tendo à frente a Capitã Carla e o delegado de Polícia, Dr. Iure Mota, envolvendo 15 policiais, na busca eficaz do combate a criminalidade.

Ressaltando que estão sendo desenvolvidas diversas operações e ações visando o combate ao crime e ainda para minimizar a ilegalidade seja no tráfico de entorpecentes, seja nas investigações e levantamentos de armamento ilegal, no levantamento de potenciais infratores nas apreensões e prisões, em homicídios ou em tentativas de homicídio, ou ainda na fiscalização no trânsito urbano.

Fotos: Fabiane Hipolito

32 33 34 37 38