Polícia Federal e GAECO podem agir em Barra de São Francisco a qualquer momento

2194

01Devido a denúncias de possíveis atos de pratica de corrupção na prefeitura de Barra de São Francisco, a Polícia Federal e o GAECO (Grupo de Atuação Especial de Repressão ao Crime Organizado) deverão comparecer no município a qualquer momento para desvendar tais mistérios.

As referidas denúncias já são de conhecimento do Ministério Público, que, inclusive algumas já foram ajuizadas no fórum da comarca.

O Tribunal de Contas também já deu um prazo de 30 dias para o prefeito, vice e outros prestarem informações.

As denúncias, se comprovadas, poderá dar até cadeia para os envolvidos, além de perca nas funções publicas e ficarão inelegíveis.

Uma das denúncias graves é em relação a contratação de horas maquinas, onde produtores rurais pagavam pelo serviço feito em suas terras, sendo que a prefeitura já pagava o aluguel das mesmas.

A outra é sobre possível crime eleitoral dentro da secretaria municipal de saúde, onde alguns vereadores aliados do prefeito e candidatos a vereadores dominavam a área e só atendiam que eles queriam.

Tem ainda sobre venda de peças na garagem da prefeitura para particulares. O inquérito policial foi enviado ao MP e o mesmo encaminhou denúncia ao juiz no fórum local.

Consta ainda sobre uma festa realizada pela emissora Jovem Barra que, segundo ação no TJ-ES foi realizada com dinheiro da prefeitura, além de falsificação de documentos.