Pastor Clodoaldo: “Prefeito de Barra de São Francisco tem um “Santo Protetor” de cabelos grisalhos”

1599
Pastor Clodoaldo Lemes
Pastor Clodoaldo Lemes

O pastor Clodoaldo Lemes dos Santos, quebra o silêncio e fala sobre a corrupção em Barra de São Francisco e ainda faz uma grave denúncia de que o prefeito tem um santo protetor.

Leiam na integra:

“Eu não iria me pronunciar sobre a corrupção municipal, porque estou certo de que, nada tem tido sucesso judicialmente contra estes desmandos que vem ocorrendo, os quais, eu venho denunciado alguns desde o 1º ano do mandato do atual prefeito. Na circunstância, aparenta até que o prefeito tem um santo protetor no judiciário de cabelos grisalhos e de estatura baixa”.

“Uma das grandes vergonhas que tenho visto a nível nacional, são de pessoas que deveriam guardar a justiça, assim como nossos direitos, tendo suas sentenças reformadas por pessoas de legítimo caráter e de notável integridade”.

“Quanto a corrupção que está exposta pelo Ministério Público, quero parabenizar os promotores que afixaram parágrafos e citações de grande importância para serem veiculadas pelas imprensas ao ponto de lotar todas as segundas feiras a casa de leis municipal e se indignarem pela confiança do voto”.

“O prefeito errou? Enriqueceu ilicitamente? Fraudou licitações?

Bom, não tenho em minhas mãos papeis que provam, mas se faz necessário os vereadores assinarem o afastamento do prefeito Luciano Pereira para que o andamento das investigações continue sem interferências, e se provadas, que sintam a força da lei”.

“Lembrem dos nomes de vereadores que votarão contra a transparência das coisas públicas, para que não recebais em vossos lares estes tipos de pessoas; pois maior que partido, e maior que grupo político, é a integridade pessoal e a moral”.

“Oremos para que Deus nos defenda de forma que, o Ministério Público venha também requerer dos que votam a favor do prefeito” explicação”, e o porquê estão tratando a coisa pública com este descaso”.

“E aos vereadores que estão citados também como participantes direta, ou, indiretamente. Aconselho que façam a coisa certa neste momento [votando pelo afastamento], pois se provada as acusações e associações de benefícios e beneficiados, poderão responder por crime de peculato e outros mais.

Pr Clodoaldo Lemes.