Para defender a corrupção em Barra de São Francisco estão “recrutando” até funcionários

1571

50A câmara municipal de Barra de São Francisco está vivendo um momento de “baixaria”, nas sessões que ocorrem todas as segundas feiras as 17 horas. A cada sessão os nervos estão indo a flor da pele, com vereadores e pessoas da sociedade defendendo e atacando ao mesmo tempo.

Quatro vereadores já se posicionaram contra a corrupção em Barra de São Francisco e elogiam os trabalhos dos promotores de justiça, que por sinal desarticulou uma suposta quadrilha para limpar os cofres públicos municipal. Valézio Armani, Juvenal Calixto, Zé Valdeci e Lula Cozer estão contra a corrupção no município.

Quem é contra a corrupção se manifesta com cartazes, faixas, entre outros. Um grupo composto por 09 vereadores, estão a todo custo tentando blindar o prefeito, Luciano Pereira (DEM), vice, Matheus Ferreira PMDB), Moisés Antônio Martins e empresas, das acusações de uma ação impetrada pelo Ministério Público junto a justiça local.

Os vereadores que estão na blindagem do prefeito são, Tiãozinho da Colina, Mulinha, Jessui da Cesan, Admilson Brum, Camatinha, Paulinho do Hospital, Carlim da Dengue, Aloisio Alves e Antônio Morais.

Existem vaias para todos os lados, mas o povo está contra a corrupção, alguns tem ido a sessão e apontam até o secretário municipal de Educação, Aldair Rhein como sendo o homem que anda recrutando funcionários da prefeitura para irem a câmara municipal para defender o prefeito, que, inclusive são obrigados a ficarem a favor da corrupção na cidade, por que se não pode ser mandado para a rua a qualquer momento.

Na sessão desta segunda feira, 29/02/2016, o clima estava tenso, com baixaria por parte de alguns vereadores, que na ânsia de defender o prefeito atacaram até famílias de pessoas. Paulinho do Hospital baixou o nível e atacou o presidente do PP, dizendo que ele nunca trabalhou na vida, deve e não paga. Paulinho chegou dizer ainda, que, quem cassa prefeito é juiz e promotor e não vereador. Vereador se quiser cassar, cassa sim, este é um dos papeis do parlamento.

Outro que perdeu a estribeira foi o líder do prefeito, O Mulinha, que também se pronunciou dizendo que promotor não tem competência para cassar prefeito, só em Vitória. Desconhecendo ele que o promotor já ajuizou ação de improbidade administrativa e o juiz já até acatou e solicitou a penhora dos bens do prefeito e seu vice. Mulinha ainda ofendeu moralmente na tribuna daquela casa de leis ao presidente do PP, e que o mesmo não paga ninguém e o que mesmo nunca trabalhou na vida e vive as custas da esposa. Mulinha disse ainda que o presidente do PP vive mendigando publicidade para manter um jornal na cidade.

Carlin da Dengue também atacou o presidente do PP, chegando ao ponto de dizer ele caiu de paraquedas ou veio na enchente, ou enxurrada para Barra de São Francisco. Os vereadores que atacaram a honra e a família do presidente do PP deram munição suficiente para ele ingressar na justiça com queixa crime, onde ele foi caluniado perante a uma plateia de cerca de 500 pessoas presente a sessão.

Com a intenção provavelmente de mudar o foco das denúncias de corrupção em Barra de São Francisco, o vereador Admilson Brum chegou a propor aos demais parlamentares, a abertura de uma CPI para investigar a câmara municipal, mas em momento algum toca no assunto em que o prefeito está mergulhado em denúncias, inclusive pesa sobre o prefeito e vice uma ação de improbidade administrativa, de formação de quadrilha.

O Ministério Público deverá propor novas ações contra o prefeito e secretários que estão forçando os funcionários a comparecerem na câmara municipal em dias de sessões para defender a corrupção.

Funcionários também deverão ser intimados para depor e eles terão que dizer a verdade, se estão sendo ou obrigados a comparecer na câmara em dias de sessões e quem estão obrigando a eles a comparecer ao local e se eles estão a favor ou contra a corrupção no município. O MP deverá utilizar imagens e fotografias para intimar as pessoas.

O presidente do PP vai emitir nota a este site se manifestando a respeito dos ataques sofridos por alguns vereadores.

Fotos Elaine Henrique (facebook)

51 52 53