O que leva um “pequeno” município (Águia Branca) do interior a realizar uma festa de emancipação politica, onde o país inteiro enfrenta uma crise econômica/financeira?

4689

aguia-brancaEsta é a realidade do município de Águia Branca, uma pequena cidade no Noroeste do Estado do Espirito Santo, com aproximadamente 10.000 mil habitantes. Sendo esta população 80% da Zona Rural; ou seja, o que movimenta a economia é o setor agrícola.

O Aniversario de Emancipação Politica do município, foi no dia 11 de maio, mas mesmo tendo passado um mês, a administração vê por bem realizar tal evento, que com certeza afetará os cofres públicos.

Sabemos que é da cultura do povo brasileiro gostar de festas, futebol e outras comemorações; mas o que nos desperta a fazer esta matéria é o fato de que, Águia Branca é o “único” município na região que estará realizando um evento de grande porte.

Diferente dos municípios de São Gabriel da Palha, Vila Valério, São Domingos do Norte, Barra de São Francisco e outros que sempre realizaram suas festas e até o momento não se manifestaram devido a forte crise econômica que enfrenta o país. Prova disso, foi o município de Cariacica, que não é da região Noroeste, mas que no último dia18 de Junho divulgou uma nota na A Gazeta, cancelando um evento.

Crise faz Cariacica cancelar shows

17/06/2015 – 21h13 – Atualizado em 18/06/2015 – 06h20
Autor: 
Leonel Ximenes | lximenes@redegazeta.com.br

Confira a coluna Victor Hugo desta quinta-feira, 18 de junho

Tem crise, não tem festa. A Prefeitura de Cariacica cancelou todos os shows musicais da festa da cidade, dia 24 de junho. Segundo a prefeitura, os cerca de R$ 700 mil economizados com os cachês dos artistas e a infraestrutura dos espetáculos serão destinados a gastos sociais. “Manteremos um programa comemorativo, como a entrega de obras públicas e a transferência simbólica da sede do governo para Cariacica-Sede, berço histórico da cidade”, explica o secretário de Cultura, Carlos Délio Silva Ferreira.  

Atitude sensata da administração municipal, uma vez que esses valores podem sim, ser investidos na Cultura do município: Feiras, Festas dos Colonos, Bibliotecas Municipais, apoio a grupos folclóricos etc.

Enfim… Conversando com alguns moradores, percebemos que há sim opiniões contraditórias sobre a questão de ter ou não ter festa da cidade.

A população jovem; esta sim, são os mais favoráveis. O comercio de vestuário também tem o seu beneficio. Mas o que alguns moradores questionam e que deveria ser observado pelas autoridades locais, é: Como é que um município que nos últimos três anos não conseguiu realizar nenhuma obra com recurso próprio, faz um evento como este? Como é que um município onde vereadores aliados a administração municipal utilizam a tribuna da câmara reivindicam estradas patroladas, carreadores e etc, coloca o maquinário a disposição de área de festa? Um município onde a população utiliza das redes sociais para cobrar coleta de lixo; onde as escolas estão precisando de grandes reformas por estarem sucateadas e abandonas; o que tem a comemorar?

O que mais preocupa a população é que no ano de 2013, onde o município trouxe a atração nacional Eduardo Costa foram leiloadas 02 ambulâncias, e até hoje não foram substituídas; pois o transporte na saúde ainda continua precário; pois usam a UTI móvel como transporte comum de passageiros, e uma outra ambulância que mal cabe um passageiro em sua maca, quanto mais um acompanhante.

Será que a realização de uma Festa de Emancipação Politica é tão necessária para a população? Quais serão os benefícios? Ou a festa é somente para alimentar o “ego” de algumas pessoas do grupo politico ligado a administração municipal?

Só para efeito de informação somente a dupla João Neto e Frederico levará dos cofres públicos do município de Águia Branca a quantia de R$ 175.000,00. E aí vem a pergunta: Após a festa, o que vai ser leiloado desta vez?

E uma outra preocupação que aflige também os princípios familiares e cristãos de uma cidade pacata como Águia Branca: O que ficará na cidade, além da imagem de jovens e adolescentes embriagados pela madrugada? Quantos pais entregarão seus filhos nas drogas, através de pessoas que aparecem na cidade aproveitando de oportunidade como esta para fazerem o seu comercio.

Cabe diante de tudo isso, uma atenção especial das autoridades do município: Ministério Público, Policia Militar e Civil, Legislativo, igrejas e etc.

O que seria prioridade hoje em Águia Branca? Festa? Saúde? Educação? Agricultura? Cultura?

Desabafo de um morador da cidade.