Nepotismo pode estar correndo solto na prefeitura de Barra de São Francisco

620

16Durante o mandato do ex-prefeito Waldeles Cavalcante (PSD), por uma cobrança do vereador Carlinhos da Dengue, o Ministério Público exigiu que todos os parentes de vereadores e secretários municipais fossem demitidos de cargos públicos, exceto os efetivos. Na atual gestão o nepotismo pode estar ocorrendo solto.

O chefe de gabinete tem sua esposa também atuando na prefeitura, o vereador licenciado e atual secretário de transportes tem diversos parentes em empregos públicos, o secretário de desenvolvimento também tem parente contratado. Esses casos de nepotismo ocorrem sem que ninguém cobre uma ação do prefeito e nem do Ministério Público.

O vereador Valézio Armani (PSD), ao ser procurado por nossa equipe de reportagem, confirmou que recebeu uma denúncia neste sentido, e que as enviará ao MP para averiguação. Além dessa, existente outras que também chegará ao Ministério Público.