Mãe de universitária morta em acidente de moto em São Mateus tem morte cerebral confirmada

6838

000A servidora pública Edineia Barbosa da Rocha Alves, de 44 anos,que sofreu um grave acidente de moto com a filha na rodovia que liga São Mateus ao balneário de Guriri, Norte do Estado, no início da noite da última sexta-feira (27), teve morte cerebral declarada.

A informação foi passada pelo Hospital Roberto Silvares, onde ela está internada, para a família na noite deste sábado (28), segundo o radialista Jota Barbosa, irmão de Edineia. A filha dela, a estudante universitária Brennda Shirley Rocha Almeida, 20 anos, morreu após o acidente.

Mãe e filha foram socorridas pelo Corpo de Bombeiros para o Hospital Estadual Roberto Silvares, em São Mateus. Os bombeiros disseram que Brennda estava consciente quando foi socorrida, mas não resistiu aos ferimentos

Segundo informações da Polícia Militar, a moto em que estavam Brennda e a mãe colidiu na lateral de um carro de passeio. As duas caíram na pista e foram atropeladas por um veículo que seguia atrás.

A delegacia de São Mateus não informou o que aconteceu com os motoristas envolvidos no acidente. Testemunhas disseram que um veículo colidiu na moto de mãe e filha e que o motorista fugiu após o acidente.

Brennda estava terminando a faculdade de Enfermagem. O corpo foi sepultado na tarde deste sábado (28), no Cemitério Caminho da Paz, em São Mateus.