Mãe de Moisés está nos Estados Unidos, mas a denúncia em que ela abre o jogo está tramitando na justiça

2046
Luciano Pereira, o amigo Moises e dona Rut, mãe do  empresário
Luciano Pereira, o amigo Moisés e dona Rut, mãe do empresário

O processo no caso das contratações de máquinas por parte da prefeitura de Barra de São Francisco, que seria para atender aos produtores rurais, ao qual foi denunciado na justiça pelo Ministério Público, continua andando a todo vapor, inclusive o Tribunal de Contas deu prazo de 30 dias para ambos o citados na ação se defender. O prazo se esgota no final deste mês.

O caso envolve a mãe do empresário Moisés Antônio Martins, a senhora Rut Machado Martins, que, inclusive confessou toda a trama do filho. Atualmente dona Rut Machado Martins encontra-se nos Estados Unidos, mas não se sabe se é a passeio ou foi definitivamente.

Em depoimento ao Ministério Público na ocasião, a mãe de Moisés, dona Rut foi positiva e disse com todas as letras, ser verdade o fato de ser a proprietária da empresa Terramar Locações e Serviços, mas esclarece que na verdade emprestou seu nome para abertura da firma, porque seu filho Moisés Antônio precisava trabalhar e não podia abrir a firma em seu nome porque tinha restrições que o impedia de ser empresário.

Rut Machado Martins disse ainda que outorgou poderes para que seu filho Moisés Antônio praticasse os atos necessários para o funcionamento da empresa. Que, inclusive, foi lavrada uma procuração pública em Barra de São Francisco, e, que, seu filho Moisés não possuía máquinas para o serviço de terraplanagem, mas ele tinha com quem alugar esse maquinário.

Afirmou ainda Rut, que seu filho Moisés trabalhou um tempo usando a empresa Terramar, porém, quando conseguiu pagar suas dívidas e acabar com as restrições em seu nome, abriu uma empresa no nome dele, que é a Martins Construtora e Terraplanagem, que a partir daí a empresa Terramar parou de funcionar; e, que, além dos caminhões sabe que Moisés tomou dinheiro emprestado com sua irmã; mas que não entrou com nenhum dinheiro, apenas com o seu nome.

Ao finalizar, Rut disse não saber dizer quais os atos praticados por seu filho Moisés usando a procuração que lhe foi outorgada. Lembrando, que, o prefeito e sua esposa são avalista de Moisés.