Mãe de Moisés abre o jogo no MP sobre esquema de máquinas para prefeitura de Barra de São Francisco

1273
Prefeito Luciano, a esquerda, facilitou a vida Moisés, ao centro, homem de sua confiança, que por sua vez, usou o nome da mãe, Rut para alugar máquinas para prefeitura
Prefeito Luciano, a esquerda, facilitou a vida Moisés, ao centro, homem de sua confiança, que por sua vez, usou o nome da mãe, Rut para alugar máquinas para prefeitura

O caso das máquinas contratadas pela prefeitura de Barra de São Francisco, para prestar serviços aos produtores rurais, e denunciada na justiça pelo Ministério Público, continua dando no que falar por toda parte do Município. O caso repercutiu como uma “bomba”, nos meios políticos local.

O caso é tão grave, que a mãe do empresário Moisés Antônio Martins, inclusive, homem de confiança do prefeito, a senhora Rut Machado Martins, confessou toda a trama do filho.

A mãe de Moisés, foi positiva em seu depoimento no MP, e disse com todas as letras, ser verdade o fato de ser a proprietária da empresa Terramar Locações e Serviços, mas esclarece que na verdade emprestou seu nome para abertura da firma, porque seu filho Moisés Antônio precisava trabalhar e não podia abrir a firma em seu nome porque tinha restrições que o impedia de ser empresário.

Rut disse ainda que outorgou poderes para que seus filho Moisés Antônio praticasse os atos necessários para o funcionamento da empresa. Que, inclusive, foi lavrada uma procuração pública em Barra de São Francisco, e, que, seu filho Moisés não possuía máquinas para o serviço de terraplanagem, mas ele tinha com quem alugar esse maquinário.

Afirmou ainda Rut, que seu filho Moisés trabalhou um tempo usando a empresa Terramar, porém, quando conseguiu pagar suas dívidas e acabar com as restrições em seu nome, abriu uma empresa no nome dele, que é a Martins Construtora e Terraplanagem, que a partir daí a empresa Terramar parou de funcionar; e, que, além dos caminhões sabe que Moisés tomou dinheiro emprestado com sua irmã; mas que não entrou com nenhum dinheiro, apenas com o seu nome.

Ao finalizar, Rut disse não saber dizer quais os atos praticados por seu filho Moisés usando a procuração que lhe foi outorgada. Lembrando, que, o prefeito e sua esposa são avalista de Moisés.