Lojas Maçônicas de Mantena se unem em prol da criação de um Projeto de Lei contra a Corrupção no Brasil

1071

213Lojas Maçônicas de Mantena abraçaram a idéia do Projeto de Lei Iniciativa Popular para por um fim à corrupção no país. O inicio da campanha aconteceu em Mantena na manhã deste sábado dia 9 de maio, na praça Fernandes Filho no centro da cidade onde uma tenta foi montada e assinaturas dos cidadãos mantenenses colhidas para formar um grande abaixo assinado, que tem por objetivo dar inicio a um projeto de lei.

Para que você entenda melhor como tudo aconteceu, todos já sabem que a corrupção é um mal que vem assolando a nação brasileira, retirando das administrações públicas vultosas quantias de recursos que deveriam estar sendo destinados a uma prestação de serviços públicos de melhor qualidade para a sociedade brasileira em geral.

Este quadro despertou em todos brasileiros um sentimento de indignação e revolta que culminaram com os movimentos populares ocorridos em 2013. Em razão deste contexto, a Loja Maçônica Regeneração Barbacenense – Nº 317, da cidade de Barbacena / MG, apresentou à Grande Loja Maçônica de Minas Gerais o projeto intitulado “Por um Brasil mais honesto: por que a corrupção lesa a pátria!”.

Tal projeto consistia em criar uma lei de iniciativa popular estabelecendo penalidades mais graves para os crimes relacionados ao uso indevido, desvio, malversação ou apropriação de recursos públicos, aplicando a vários delitos os dispositivos da Lei de Crimes Hediondos e da Lei de Combate ao crime organizado, estabelecendo rito mais célebre para recuperação dos recursos extraviados, aumento dos prazos de prescrição destes delitos e das penas de inelegibilidade.

Abraçando a ideia, a Grande Loja Maçônica de Minas Gerais apresentou o projeto na XLIII ASSEMBLÉIA GERAL DA CMSB (Confederação da Maçonaria Simbólica do Brasil), realizada em Belo Horizonte/MG, em junho de 2014, tendo este sido recepcionado por todas as Grandes Lojas Maçônicas do Brasil, que assumiram o compromisso de patrocinar tal iniciativa.

Cópias do projeto foram distribuídas e várias sugestões, oriundas de diversos Estados, vieram aprimorar o projeto inicial. Diversas instituições e entidades foram convidadas e engrossaram fileiras nesta empreitada que se consagra agora com o lançamento da campanha intitulada “CORRUPÇÃO NUNCA MAIS!”, que visa colher assinaturas para a apresentação do projeto junto à Câmara Federal a fim de que ele seja votado pelos parlamentares e vire lei, criando mecanismos que buscam evitar a prática desses delitos e reduzir a impunidade hoje existente, reforçando a democracia em nosso país.

314