Juvenal Calixto desmente Carlim da Dengue sobre adesão ao grupo do prefeito

792
Juvenal Calixto, vereador/presidente da câmara municipal
Juvenal Calixto, vereador/presidente da câmara municipal

O vereador e presidente da Câmara Municipal de Barra de São Francisco, Juvenal Calixto Filho, (Partido Solidariedade) enviou nota ao site Gazeta do Norte, nesta terça-feira 10/05/2016, contestando as informações fornecidas pelo colega dele, Carlim da Dengue, de que ele teria se aliado ao prefeito Luciano Pereira, o Pereirinha (DEM) com vistas à próxima eleição municipal.

Juvenal afirma que a possibilidade de fazer parte do grupo do atual prefeito sequer foi “ventilada” e que ficou surpreso ao saber das declarações do vereador Carlim da Dengue, uma vez que não estava presente na sessão ordinária desta segunda-feira, 09/05/2016.

A nota de esclarecimento, escrita na terceira pessoa, afirma que: “Em nenhum momento, o vereador Juvenal Calixto Filho autorizou qualquer pessoa, de seu relacionamento político ou outro, a falar em seu nome sobre suas pretensões de aderir ou não a um determinado grupo político em questão”.

O documento prossegue afirmando que o vereador “esclareceu que não firmou nenhum acordo ou fechou qualquer tipo de acordo com a atual Administração Municipal e muito menos ventilou-se tal possibilidade, conforme anunciado em matéria em site local, atestando que o vereador Carlinhos da Dengue (PHS), teria dito na tribuna, durante a referida sessão parlamentar, que “o vereador Juvenal é o mais recente vereador a dar apoio ao prefeito com vistas ao próximo pleito eleitoral”.

“Além disso, o vereador Carlim da Dengue teria destacado que seu partido não aceitaria de forma alguma, fazer coligação com o nosso partido, para a disputa das vagas de vereador e que tal decisão já foi tomada e sacramentada em ata, desmente Calixto Filho”.

“Quero afirmar que não pude estar presente na sessão legislativa desta segunda-feira dia 09 por força de estar atendendo meu partido, o Solidariedade, em recente encontro na Capital. Causou-me espanto ao tomar conhecimento de tais declarações, pois entendemos que não fomos consultados sobre a questão e muito menos da publicação veiculada na mídia local, gerando comentários, boatos e insinuações maldosas contra nossa pessoa e o nosso mandato, sempre voltado para o bem coletivo e dos principais anseios de nossa população”.

Calixto assegura que não tomará nenhuma decisão sem consultar seus companheiros. “Reafirmo aos companheiros e companheiras, amigos, colegas, familiares e a população de nossa terra, que quaisquer decisões a serem tomadas neste sentido, buscaremos primeiro e irretocavelmente fiel aos nossos princípios de bem servir, reunirmos o maior número possível de todos, para então, juntos e soberanamente decidirmos o nosso destino na eventual campanha eleitoral que se aproxima”.

“Não temam e nem se deixem impressionar por fatos mentirosos, escabrosos e deslavados como este, que visam apenas dividir, destituir e denegrir a imagem de quem trabalha e zela pelos princípios da honestidade e justiça. Orgulho-me de compartilhar com as pessoas de bem, todos os nossos propósitos de lutas em favor da coletividade e, é a estas a quem devo obediência e satisfação de todos os meus atos como homem público”, concluiu.