Justiça manda bloquear bens do prefeito Luciano Pereira, do vice Matheus e de Moisés Martins

1188
Pereirinha e Moisés, os amigos inseparaveis
Pereirinha e Moisés, os amigos inseparáveis

A justiça de Barra de São Francisco, mandou bloquear os bens do prefeito, Luciano Pereira (DEM), do vice-prefeito, Matheus Ferreira (PMDB) e do amigo de Luciano, Moisés Antônio Martins, da empresa Terramar.

A decisão é referente à denúncia de supostas irregularidades apontadas pelo Ministério Público na contratação de horas/máquinas para atender produtores rurais.

Vice-prefeito Matheus Ferreira
Vice-prefeito Matheus Ferreira

Ao todo, o Ministério Público pede a devolução de mais de R$ 2 milhões aos cofres públicos, além da cassação dos direitos políticos do prefeito e vice.

O outro envolvido o suposto esquema, Moisés Antônio Martins, da empresa Terramar, é amigo íntimo do prefeito Luciano Pereira. Ele ganhou a concorrência para prestar o serviço de terraplanagem na cidade.

A decisão não foi dada por um juiz que estão entre os conhecidos em Barra de São Francisco. O juiz substituto que proferiu a decisão foi Daniel Barrioni de Oliveira, que é de fora da cidade. Lembrando que na última segunda feira, 15, aconteceu uma manifestação muito grande nas dependências da câmara municipal, onde os vários seguimentos da sociedade exigiram o fim da corrupção em Barra de São Francisco.

06 07 08 09