Justiça de Pancas condena quadrilha que assaltou mercearia

1290
Helicóptero da Polícia Militar pousou no gramado do estádio municipal Laurindo Barbosa, em Pancas. Ele foi utilizado na caça aos bandidos
Helicóptero da Polícia Militar pousou no gramado do estádio municipal Laurindo Barbosa, em Pancas. Ele foi utilizado na caça aos bandidos

A Justiça de Pancas condenou na última sexta-feira (08/07), todos os integrantes da quadrilha que assaltou uma mercearia, no dia 23 de agosto, localizada às margens da ES-164, rodovia que liga Pancas ao município de Alto Rio Novo. Cinco indivíduos, que foram acusados pelo Ministério Público de cometerem o crime, foram condenados e com penas grandes e importantes para toda sociedade.

A decisão foi proferida pelo juiz de Pancas, Adelino Augusto Pinheiro Pires. Foram arroladas no processo diversas testemunhas, em sua maioria policiais militares, que participaram das ações que duraram cerca de 50 horas ininterruptas, com um grande esquema de PMs e viaturas.

Até um helicóptero da Polícia Militar foi utilizado nas ações em busca das detenções dos bandidos. Todo o dinheiro roubado foi recuperado: R$ 7.083,00. Um bandido morreu enquanto fugia do cerco policial quando ele e mais dois comparsas roubaram um caminhão de uma fazenda.

Esse caminhão entrou em outra fazenda vizinha, onde capotou e vitimou de forma fatal, Leandro Ribeiro Gomes, que faleceu na hora. Leandro estava acompanhado de Werik Reylan dos Santos Vasconcelos, de 21 anos de idade; e Lucas Neves Pereira, de 24.

Lucas foi o último a ser detido pela PM. Os outros condenados foram: Pablo Domingos Carreiro, de 29; Carlos Roberto do Nascimento, de idade não revelada; e Joziane Mendes Rodrigues, de 33. O magistrado decidiu também que um veículo Toyota Corolla (prata), que foi utilizado pelo bando no crime, passa a ser da Delegacia de Polícia Civil de Pancas. O veículo já se encontra à disposição da delegacia do município. Inicialmente, todos cumprirão suas penas no regime fechado.

CONDENAÇÕES DE TODOS 

WERIK REYLAN DOS SANTOS VASCONCELOS: 19 anos, 05 meses e nove dias de reclusão, 8 meses de dez dias de detenção e 180 dias-multa.

LUCAS NEVES PEREIRA: 22 anos, 06 meses e 20 dias de reclusão, 10 meses de detenção e 214 dias-multa.

PABLO DOMINGOS CARREIRO: 22 anos e oito meses de reclusão e 200 dias-multa.

CARLOS ROBERTO DO NASCIMENTO: 17 anos, 2 meses e vinte dias de reclusão, 2 anos e 8 meses de detenção e 236 dias-multa.

JOZIANE MENDES RODRIGUES: 13 anos, 9 meses e 10 dias de reclusão, 1 anos e seis meses de detenção e 175 dias-multa.

Fonte: VIRGÍLIO BRAGA

JORNALISTA: 0003539/ES