Inacreditável: Até arquivos de computadores da prefeitura de Barra de São Francisco foram apagados

2298

Ao chegar à secretaria Municipal de Administração da prefeitura de Barra de São Francisco, no dia primeiro dia de trabalho, ou seja, na segunda feira, 02/01/2017, os novos funcionários da equipe do prefeito Alencar Marim não acreditaram não que encontraram pela frente naquele importante setor.

Faltava a estrutura mínima para funcionamento, não tinha papel para fazer um simples documento, não tinha tonner para as impressoras, nem mesmo canetas e clips existiam. Os armários estavam vazios, os arquivos dos computadores foram todos apagados.

E o que é pior, a podre e antiga administração do prefeito Luciano Pereirinha (DEM) deu um verdadeiro nó na folha de pagamentos, para pagar os apadrinhados do ex-prefeito, fizeram a maior bagunça com a folha, o problema agora está sendo detectar quem recebeu e quem não recebeu o mês de dezembro. Os levantamentos estão sendo feitos, inclusive em cima da comissão de licitação do setor também.

Como os arquivos foram apagados isso está sendo difícil, a solução está sendo recorrer à movimentação bancária dos últimos dias da ex-administração. Nesse momento o atual Secretário tem que adotar toda a cautela para não autorizar pagamentos em duplicidade, pois, pode incorrer em erro administrativo.

Portanto a situação encontrada não poderia ser pior. Como ocorreu na Secretaria de Administração está ocorrendo com os demais setores da prefeitura francisquense. Tudo foi feito com uma intenção deliberada de prejudicar à nova Administração.

No caso da Secretaria de Administração o ex-prefeito demonstrou não ter nenhum respeito para com o funcionalismo municipal, respeito esse que faltou em toda a sua administração ao longo de quatro anos.

A Secretaria de Administração atual poderá convocar a ex-secretária que é servidora efetiva do município para prestar as informações, principalmente pela eliminação dos dados nos computadores.

Assim que descobrir de quem é a responsabilidade por ter possivelmente agido de má fé, poderá sofrer um processo administrativo, em caso de ser efetivo e ser punid pela sua atitude, por sua ação ou por sua omissão como for o caso.

O fato será levado ao conhecimento da Promotoria de Justiça de Barra de São Francisco, bem com a Delegacia de Polícia e até mesmo a Polícia Federal.

Promotoria previa isto:

Promotor Luiz Carlos de Vargas

O Ministério Público Estadual da Comarca e Barra de São Francisco, através do Promotor Luiz Carlos de Vargas, desde outubro de 2016 já parecia prever que o prefeito Alencar Marim iria ter dificuldades devido a ação e apagar dados dos computadores da Prefeitura.

Em outubro de 2016 o MP local editou a Recomendação de número 07 na qual recomendou diversas ações ao então prefeito Luciano Pereirinha e do futuro prefeito Alencar. Como em vários setores os arquivos de computadores foram apagados, arquivos de papel foram destruídos, é muito provável que após a formalização das devidas denúncias ao MP as ações contra quem praticou tais atos sejam adotadas com muita rapidez, afinal, desrespeitou-se uma recomendação do Ministério Público.

É voz corrente nas repartições da prefeitura e na cidade que os servidores que praticaram tais atos são bem conhecidos.